Meio Bit » Baú » Internet » Balde de pipoca agora no seu browser [UPDATE: MÓR-REU!]

Balde de pipoca agora no seu browser [UPDATE: MÓR-REU!]

A indústria do copyright tem mais um motivo para arrancar os cabelos: dev de 15 anos disponibiliza versão do balde de pipoca que roda direto em seu browser

20/10/2015 às 13:32

pipoca

UPDATE: bem, essa foi rápida. Menos de 72 horas depois de entrar no ar o site foi sumariamente exterminado.O motivo é bem simples: Milan Kragujevic recebeu um singelo Cease and Desist da MPAA.

Segue abaixo a notícia original.

——

O balde de pipoca é um dos apps mais recentes a tirar o sono da indústria do copyright. Para aqueles que querem curtir seus filmes e séries sossegadamente sem ter que apelar para a Locadoratm, tendo que correr atrás de vídeos com qualidade decente e legendas compatíveis, ele é uma mão na roda. Motivos para isso são vários: pão-durice aguda, indisponibilidade em seu serviço favorito ou em sua região, etc.

Presente em quase tudo que é plataforma, o balde de pipoca já rendeu inclusive um filhote versão educativa e obviamente, a MPAA vem batendo com força em quem quer que se envolva com o software. Mesmo ensinar sobre ele dá cadeia.

Só que se você acha que instalar um app em seu desktop ou em seu Android um tanto complicado ou mesmo arriscado (e com razão), não se desespere: agora você pode rodá-lo diretamente em uma aba de seu navegador favorito.

A nova versão do balde de pipoca, que roda inteiramente online é fruto de um desenvolvedor sérvio de 15 anos chamado Milan Kragujevic. Aparentemente ele clonou o software original e disponibilizou uma série de filmes, novos e antigos. A interface é praticamente a mesma, só que ainda não possui legendas disponíveis (o dev diz que teve alguns problemas de instabilidade e teve que remover o recurso, que voltará em breve). Basta selecionar um título, sentar e assistir. Sem instalar nada.

Claro que vale a pena lembrar que esta não é a primeira vez que vemos uma tentativa de levar o balde de pipoca para os navegadores, mas todas as tentativas anteriores naufragraram por diversos fatores. E a novidade chega em boa hora para os usuários, já que recentemente boa parte dos desenvolvedores do clone mais popular do programa original (que não existe mais há tempos) pularam fora do projeto, por temerem sanções legais.

Essa versão vai durar? Difícil saber. Como a API é pública, caso o site caia é bem capaz que outro assuma e lance um similar. Agora, mais certo como o Sol que nasce todo dia é questão de tempo até que Kragujevic se torne o mais novo alvo da MPAA. Aos interessados em testar o programa, basta clicar aqui.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários