Meio Bit » Arquivos » Internet » Lembra do Google Now no Chrome? Não? Por isso que ele MÓR-REU!

Lembra do Google Now no Chrome? Não? Por isso que ele MÓR-REU!

Bye bye Google Now no Chrome: Central de Notificações e recurso “Ok, Google” são desligados por uma razão simples: ninguém usava

19/10/2015 às 11:01

google

O Google Now, embora seja promovido como uma assistente pessoal e concorrente da Siri é bem mais do que isso: o serviço cruza os dados de GPS, e-mail, agenda e pesquisa do usuário, entre outros dados e exibe diversas notificações pertinentes ao usuário. Lista de compromissos, previsão do tempo, cotações na bolsa, trânsito, voos agendados, ingressos de cinema, etecetera e tal. É uma secretária pessoal bem prática, que organiza nossas vidas muitas vezes melhor do que nós mesmos.

O Now é profundamente integrado ao Android e funciona de forma limitada no iOS, because reasons para lá de óbvias. Ele também foi introduzido no Chrome para aqueles que desejavam utilizar suas funções no desktop, e inclusive rodava em segundo plano sem que o navegador estivesse aberto. Só que o que funciona para uns nem sempre dá certo para outros, como Mountain View veio a descobrir.

A versão 47 do Chrome vai exterminar a Central de Notificações do Chrome, mas a função “Ok Google”, o sistema de busca por voz que funcionava ou na página principal do Google ou numa nova aba, caso o motor fosse configurado como o principal já foi removido na versão 46, recentemente lançada.

O Google imaginava que o Now fosse utilizado da mesma forma que no Android, mas constatou com o passar do tempo que a grande massa de usuários do Chrome simplesmente obrava e se locomovia para o recurso, preferindo utilizá-lo em seus dispositivos móveis.

Com isso o Google simplesmente está eliminando a gordura, dando cabo de um feature que ninguém usava e que estava ativo, consumindo recursos e nada mais. Ainda é possível realizar pesquisas por voz no Chrome, mas voltou a ser como antes: é preciso ir até a página do Google e clicar em “pesquisa por voz”, algo que acredito eu nem todo mundo utiliza.

O lado bom dessa história é o fato de que eliminando recursos subutilizados o Chrome pode melhorar sua performance e deixar de ser comilão, reclamação de 11 em cada 10 usuários.

Fonte: Venture Beat.

relacionados


Comentários