Meio Bit » Baú » Games » Prepare-se para pousar em planetas no Elite Dangerous

Prepare-se para pousar em planetas no Elite Dangerous

Criador do Elite Dangerous divulga vídeo onde podemos ver um pouco de como será explorar um planeta e atiça a expectativa dos jogadores.

13/10/2015 às 14:31

Elite-Dangerous

Desde o seu lançamento o Elite Dangerous tem conquistado alguns admiradores pela imensidão do espaço a ser explorado e por oferecer uma boa experiência para quem busca um simulador espacial. Porém, algo que sempre incomodou boa parte dos jogadores era o fato de que não podíamos pousar nos planetas, algo que felizmente será corrigido com a expansão Horizons.

Com seu lançamento previsto para o período de festas de fim de ano de 2015, muitos estão curiosos para saber como serão esses lugares, então para lhes dar um gostinho da novidade, o game designer David Braben publicou um vídeo onde podemos ver um pouco de um planetoide parecido com uma batata.

Embora o vídeo possa ser considerado um tanto sem graça por alguns, é importante dizer que não se trata de um produto final, muito menos de algo criado com o intuito de divulgar a expansão. Portanto, se o encararmos como algo ainda em desenvolvimento e levarmos em consideração o potencial da expansão, é possível entender o porque de os jogadores estarem tão ansiosos pelo seu lançamento.

Contudo, o Elite Dangerous: Horizons tem sido alvo de duras críticas devido ao preço que a Frontier Developments cobrará de quem já possui o original, afinal a expansão sairá por US$ 45 para essas pessoas, mas caso você não tenha o jogo e queira comprá-lo já com as melhorias, terá que pagar apenas US$ 15 a mais por isso.

A justificativa por parte da desenvolvedora é de que essa versão trará muito mais do que apenas nos permitir pousar em planetas, como por exemplo uma série de ajustes, a possibilidade de termos diversos jogadores a bordo de uma mesma nave e uma ferramenta para criação de personagens. Porém, será que aqueles que já investiram no jogo não deveriam receber um desconto maior?

Enfim, tudo isso me fez lembrar que eu preciso começar a jogar o Elite Dangerous, pois embora sua premissa me pareça muito interessante, confesso que o seu tutorial me intimidou um pouco e o fato de precisar ter o teclado por perto para realizar uma ação me desanimou um pouco. Oras, se eles adaptaram o jogo para o Xbox One e dão suporte a controle na versão para PC, custava replicar na plataforma o que fizeram no console e oferecer o recurso de forma completa?

David Braben — EliteHorizons PlanetReveal

Fonte: Rock, Paper, Shotgun.

relacionados


Comentários