Meio Bit » Baú » Fotografia » Sony vai criar nova empresa para a produção exclusiva de sensores de imagem

Sony vai criar nova empresa para a produção exclusiva de sensores de imagem

Sony vai focar na produção de sensores fotográficos e para isso vai criar uma nova empresa para cuidar do negócio, a Sony Semiconductor Solutions.

06/10/2015 às 16:32

sony_sensor

Toda vez que publico uma notícia falando da qualidade dos produtos Sony voltados para a fotografia eu sinto o amargo sabor de minhas declarações de 10 anos atrás. Quando a Sony entrou no mercado fotográfico ninguém apostava nada em seu sucesso. As câmeras compactas eram bonitas e cheias de recursos, mas a qualidade de imagem deixava muito a desejar. Depois eles compraram a Minolta e, com isso, o conhecimento necessário para a fabricação de câmeras DSLR. As primeiras câmeras foram igualmente sofríveis e pareciam de brinquedo em sua construção. Ou seja, ninguém estava muito animado com a empresa.

Claro que hoje tudo mudou. Em 2012 a empresa amargou um prejuízo de US$ 3 bilhões. Como medidas emergenciais, e para enxugar um pouco uma empresa gigantesca, o CEO da Sony, Kazuo Hirai, determinou que a empresa teria seu foco em três vertentes: imagem digital, jogos e mobile. Três anos depois temos o resultado desta nova política.

A Sony se transformou na principal fornecedora de sensores de imagem do mundo. Em 2014 foi responsável por 40% de todos os sensores utilizados e em 2015 está trabalhando a todo vapor para suprir a demanda. Um dos resultados do investimento nessa área foi a qualidade alcançada pelos aparelhos fotográficos da marca japonesa.

Um exemplo disso é que o DxOMark afirma que a câmera com melhor sensor atualmente é a A7RII e dos smartphones é o Sony Xperia Z5. Isso não é pouca coisa. Apostando no futuro do negócio e acreditando que tem muito a crescer, a Sony decidiu que vai fundar uma nova empresa para cuidar apenas do desenvolvimento e da fabricação de sensores fotográficos. A nova empresa vai se chamar Sony Semiconductor Solutions e vai entrar em operação em 1 de abril de 2016 (que data bacana para as piadas do dia da mentira).

Segundo a empresa a decisão se deve ao fato da necessidade de focar no novo negócio e que ele cresça de forma sustentável. Uma bela tacada para aumentar a participação no mercado. Logo todo mundo vai ter uma câmera com sensor Sony e ficar feliz com isso. Quem diria.

Fonte: Petapixel.

relacionados


Comentários