Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Sony fala sobre o risco envolvido na criação do Bloodborne

Sony fala sobre o risco envolvido na criação do Bloodborne

Para Shuhei Yoshida, criação do Bloodborne exigiu "um enorme esforço de desenvolvimento", mas Sony pretende voltar a trabalhar com a from Software.

01/10/2015 às 13:00

bloodborne

Considerados por muitos como um dos melhores exclusivos do PlayStation 4, o sucesso do Bloodborne não chega a ser uma surpresa, afinal o jogo deu continuidade a muitos dos acertos que vimos na série Dark Souls e a parceria entre Sony e From Software já tinha originado outro jogo muito elogiado, o Demon’s Souls.

Porém, nada disso era garantia de que o game daria certo e foi exatamente sobre o risco envolvido em sua produção que falou Shuhei Yoshida, presidente do Worldwide Studios da Sony e um dos nomes mais importantes da divisão PlayStation.

Pelo ponto de vista de gestão da From Software, percebo totalmente que eles são uma editora, precisam gerenciar seus recursos, mas eles também apoiam a visão criativa de Miyazaki-san. As vezes ele pode querer fazer algo arriscado — e neste caso, podem ter a chance de trabalhar com a gente. Este foi o caso com o Bloodborne. Era cedo, de um ponto de vista de uma editora japonesa, para ter um grande título exclusivo para o PS4. Foi um enorme esforço de desenvolvimento.

Nós temos grandes relacionamentos e devido a natureza deles serem editores e desenvolvedores, é um relacionamento único. Esperamos continuar trabalhando com eles.

A resposta veio a uma pergunta sobre a possibilidade da Sony voltar a trabalhar com a From, o que provavelmente enche de esperança os fãs dos jogos criados pela empresa e principalmente por Hidetaka Miyazaki, o que nos faz lembrar do curioso caso do Demon’s Souls.

A produção do jogo exclusivo do PlayStation 3 contou com a colaboração da Sony, que optou por lançá-lo apenas no Japão, onde conseguiu fazer um enorme sucesso e chamou a atenção do público ocidental. Porém, a fabricante do console aparentemente não enxergou potencial nele e deixou que a Atlus o publicasse por aqui, quando então o título explodiu e conquistou uma legião de admiradores. Logo depois a Bandai Namco fechou uma parceria com a From Software, mas como os direitos sobre a série não eram da desenvolvedora, nasceu o Dark Souls.

Eu imagino que hoje a Sony esteja atenta a oportunidade que deixou passar, o que a levou a arriscar com o Bloodborne e por tudo isso acho muito provável que cedo ou tarde vejamos mesmo novos títulos exclusivos feitos pelas duas empresas.

Fonte: Eurogamer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários