Meio Bit » Baú » Indústria » Este novo polímero da NASA se regenera em menos de 1 segundo!

Este novo polímero da NASA se regenera em menos de 1 segundo!

Pesquisadores da NASA demonstram um novo polímero que é capaz de se regenerar de uma perfuração em menos de 1 segundo. Algo muito útil para evitar que toda a atmosfera de uma espaçonave fuja por causa de um maldito micro-meteorito.

30/08/2015 às 23:27

Laguna_T-1000_eye_peq

Um dos maiores perigos no espaço é ser atingido por micro-meteoritos e tantos outros pequenos fragmentos indetectáveis de lixo espacial em alta velocidade. A Estação Espacial Internacional, por exemplo, conta com belos escudos que vaporizam tais pequenos projéteis mas o que fazer quando aqueles falham?

O ideal seria contar com uma linha de defesa adicional, de preferência uma que cure a si mesma. Ou ao menos uma que evite que a única atmosfera da espaçonave escape rapidamente.

Uma proposta bastante interessante foi publicada pelo periódico ACS Macro Letters da Sociedade Norte-Americana de Química: um novo polímero que consegue se regenerar de forma bem rápida após ser perfurado.

American Chemical Society — ‘Terminator’-style material heals itself

Pelo vídeo acima, podemos perceber que equipe de pesquisadores fez uma espécie de sanduíche composto por duas camadas do novo polímero e o ingrediente-chave: uma forma líquida do tal polímero que, ao reagir com o oxigênio, forma um tampão sólido em menos de 1 segundo na perfuração feita pelo projétil. Este novo material é composto de um tipo de resina líquida chamado tiol-eno-tri-alquil-borano.

Embora a pesquisa tenha vindo de uma equipe de cientistas patrocinada pela NASA, a tecnologia também poderia ser muito útil na indústria automotiva (quem usa carro blindado no Brasil sabe o quanto é feio ficar com buraco de bala no para-brisa após passear pelo morro) e na construção civil.

O tio Laguna vê tal tecnologia como uma espécie de evolução do conceito que percebo na cola instantânea: fure o tubo de Super Bonder e, em teoria, ele protege o restante da cola de secar. Se bem que é mais fácil você sujar as mãos antes. Sei por experiência própria.

Fontes: Engadget, Extreme Tech e Fortune.

relacionados


Comentários