Meio Bit » Baú » Indústria » MySQL: Outro executivo da empresa original deixa a Sun

MySQL: Outro executivo da empresa original deixa a Sun

10/02/2009 às 14:51

A Sun inventou um modelo novo de open source. Ele diferencia código contribuído do código interno, rechaçam contribuições e conseguiram com que os top 3 executivos, inclusive o criador original do MySQL deixassem a empresa. Por esses e outros motivos, o OpenOffice está em estado de penúria de desenvolvimento.

Agora foi a vez do Marten Mickos, que deixou a empresa junto com o David Axmark e Michael "Monty" Widenius. Esse último, como indica a matéria, soltou o verbo contra a empresa. Ele disse que a Sun é lenta demais, tem um modelo open não comunitário. Vale a pena ler os motivos no post, com um destaque especial para o trecho:

Tradução livre:

"Em particular, eu gostaria de ter visto o desenvolvimento do servidor migrado para um ambiente verdadeiramente aberto de desenvolvimento que encoraja a participação externa e sem a necessidade de diferenciação do código fonte. A Sun poderia abrir o desenvolvimento, mas tem sido lenta demais."

O MySQL tem uma média de 65 mil downloads por dia e ainda assim a Sun não consegue converter um número expressivo desses clientes em pagantes. Todo o negócio da empresa gira em torno de vender servidores, com Solaris, MySQL e soluções Java. O maior problema é que eles concorrem contra empresas que parecem melhor preparadas: Oracle, HP, IBM e Microsoft.

Enquanto isso, o Monty resolveu criar um novo ramo do MySQL, o MariaDB. Ele não considera um fork, pois as mudanças nos releases no ramo principal serão incluídas.

O artigo do TGDaily ainda menciona algo interessante: a Sun é expert em comprar empresas, ver seus executivos e engenheiros pedirem demissão algum tempo depois, fundarem novas empresas que oferecem soluções, serviços e produtos concorrentes. É o tipo de coisa que acontece com certa frequencia no mercado de TI, mas eles parecem liderar esse tipo de "negócio".

Minha opinião: a Sun está à deriva há alguns anos. A empresa não consegue se encontrar e não decide se embarca de vez no modelo open source ou fica presa ao seu antigo modelo de negócios. Perdem capital intelectual, os engenheiros, que saem sempre desgostosos com a empresa, mesmo dizendo que vão trabalhar junto... claro, para tomar seus clientes!

A estratégia Java da empresa... acho que são os únicos no mundo que gastaram os tubos e mal pagam as contas, enquanto a concorrência deita, rola e chafurda em dinheiro.

Sun, sai logo desse Eclipse!

relacionados


Comentários