Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Luca Turilli's Rhapsody — Prometheus, Symphonia Ignis Divinus

Luca Turilli's Rhapsody — Prometheus, Symphonia Ignis Divinus

E o Luca Turilli's Rhapsody chega com seu segundo álbum de metal sinfônico com quilos de música clássica, corais e sentimento épico.

21/08/2015 às 12:41

luca-turillis-rhapsody

Foi em 1997 que o tecladista Alex Staropoli e o guitarrista Luca Turilli uniram seus egos gigantescos e fundaram uma banda de Metal Sinfônico chamada de Rhapsody (que um tempo depois teve que mudar o nome para Rhapsody of Fire por conta de tretas legais). A fórmula não era nova. Uma mistura gigantesca de heavy metal melódico, música clássica, refrões em latim, corais épicos e um vocalista com voz de mel. A formula musical poderia não ser nova, mas era a primeira vez que uma banda lançava um disco inteiramente com essa estrutura. O disco de estreia, The Legendary Tales, foi muito bem recebido e trazia um som épico que dava vontade de pegar sua espada no guarda roupa, montar em seu cavalo e procurar um dragão para chamar de seu.

O tempo passou e a banda se tornou pequena demais para os dois egos inflados dos fundadores. Em 2011 eles anunciam sua separação e a criação de duas bandas. Staropoli continuou seguindo com o Rhapsody of Fire e Turilli fundou o Luca Turilli's Rhapsody. E não é só o nome que é parecido, pois os dois grupos continuam fazendo absolutamente o mesmo tipo de música (com algumas pequenas variações). O Luca Turilli's Rhapsody lançou em 2011 o ótimo Ascending to Infinity e mostrou que teria um bom lugar ao sol para os fãs deste tipo de música (recomendo ouvirem a ótima Dante´s Inferno).

luca-turillis-rhapsody_2

Agora, em junho de 2015, a banda lançou seu novo disco, intitulado de Prometheus, Symphonia Ignis Divinus. O que podemos dizer deste disco? Que o líder da banda simplesmente deixou a humildade em casa e soltou a megalomania no estúdio de gravação. Tudo aqui é grandioso. Várias orquestras, corais, músicas cantadas em italiano (que já apareceram no disco anterior e funcionaram muito bem), arte gráfica do encarte sensacional e várias participações especiais, como Ralf Scheepers (Primal Fear), Dan Lucas (Karo) e David Readman (Pink Cream 69). Fora isso, a banda (lembrem-se, quando falo banda estou falando do dono, o Luca Turilli), diz que agora criou um novo estilo musical batizado, simplesmente, de Cinematic Metal.

Bem, e qual o resultado disso tudo? Muito chato. Sim, o disco é, em sua maior parte, um porre de ser ouvido. Todas as músicas foram compostas e produzidas por Luca Turilli (além de também ser responsável por todos os arranjos das orquestras e corais) e, na tentativa de ser épico e clássico, ele criou um monstro que não pode ser definido em poucas palavras. Falta guitarra nas músicas, falta aquela pegada rock que faz você vibrar com as composições, falta energia. O que temos é um amontoado de orquestrações que são, acima de tudo, muito chatas.

Para não dizer que estou sendo totalmente antipático ao disco tenho que destacar que as faixas Yggdrasil, Rosenkreuz (The Rose and The Cross) e Prometheus são bem legais. Também temos a One Ring To Rule Them All, baseada em O Senhor dos Anéis, que começa estranha, mas ganha personalidade em sua metade final. E só. O destaque negativo fica por conta da faixa Of Michael The Archangel and Lucifer's Fall Part II — Codex Nemesis que possuí 18 minutos e vai fazer qualquer um cortar os pulsos na metade. Mesmo não gostando tenho que ser justo com a qualidade do vocalista Alessandro Conti e da esplêndida capa do disco criada pelo artista gráfico Stefan "Heile" Heileman.

Sou um grande fã do estilo musical criado pelo Rhapsody. Tenho todos os discos e gosto de vibrar com as músicas, mesmo as mais melódicas. Luca Turilli começou bem com sua nova banda, mas o cara se perdeu em seu sentimento de grandiosidade e, com o objetivo de criar uma obra prima, nos presenteou com uma verdadeira bomba. Eu comprei para ter a coleção completa, mas se você não sofre desse mal então passe longe.

LUCA TURILLI’S RHAPSODY - Prometheus (OFFICIAL TRACK AND LYRIC VIDEO)

relacionados


Comentários