Meio Bit » Baú » Ciência » Um elevador espacial inflável. Mais ou menos.

Um elevador espacial inflável. Mais ou menos.

Uma empresa canadense está propondo uma espécie de elevador espacial com graves restrições orçamentárias. Em vez de 100 mil km de altura, teria… 20 km. Não uma meta muito ambiciosa, mas por incrível que pareça mesmo 20 km pode ser algo muito útil...

14/08/2015 às 13:24

20140923spaceelevator

O conceito de um elevador espacial surgiu em 1895 da mente de Konstantin Tsiolkovsky, mas não é algo que possamos sonhar em ver antes de pelo menos 2195 e estou sendo muito otimista. A escala é apenas grande demais, mesmo os famosos nanotubos de carbono, ou agora o grafeno, que serve pra tudo, apenas teoricamente seriam fortes o suficiente.

Construir uma estrutura que atingirá uma altura equivalente a uma razoável fração da distância Terra/Lua é algo além da capacidade da nossa engenharia atual, mas isso não impediu o pessoal da Thoth, uma empresa canadense de pensar em uma alternativa mais modesta.

3049755-poster-p-1-this-inflatable-space-elevator-could-house-hotels-and-airports-high-in-the-sky

A patente deles, que menciona Sir Arthur Clarke, propõe uma torre de 20 km de altura, bem longe de um elevador espacial mas com uma proposta ainda interessante: eliminar da equação a parte mais densa da atmosfera, a que dá mais trabalho e consome mais combustível. Um elevador elétrico levaria até o topo naves SSTO — Single Stage To Orbit, tipo uma versão melhorada da falecida VSS Enterprise.

Decolando de uma altitude com atmosfera bem mais rarefeita essas naves conseguiriam entrar em órbita com bem menos combustível.

A idéia é boa, eletricidade é bem mais barata do que hidrogênio, querosene, Dolly ou seja lá o que usem como combustível de foguetes. um sistema de freios poderia recuperar parte da energia usada na subida, barateando o processo.

O problema é que, usando estruturas infláveis ou não, nossa tecnologia ainda não comporta a construção de uma estrutura de 20 km de altura. A maior construção já feita por humanos é o Burj Khalifa, em Dubai, coisa de ficção científica:

khalifa

Mesmo assim são só 829,8 metros de altura; nem arranha uma estrutura de 20 km. Pensando bem Elon Musk não vai perder o sono por causa dessa patente…

Fonte: Fast Company.

relacionados


Comentários