Meio Bit » Baú » Hardware » MatchStick é cancelado ou “outro dia, outro crowdfunding dando errado”

MatchStick é cancelado ou “outro dia, outro crowdfunding dando errado”

Matchstick, o dongle financiado pela comunidade que seria um concorrente do Chromecast é cancelado; Mozilla joga a culpa no DRM

04/08/2015 às 13:46

matchstick

Crowdfunding não é para amadores. O formato colaborativo ajuda a driblar a falta de dinheiro para o lançamento de projetos de startups pequenas (e outros nem tão pequenos assim) não é à prova de espertões que tentam comer uma graninha e sumir do mapa, como já aconteceu antes. O Kickstarter e outros canais têm meios para evitar isso.

Só que há o segundo cenário quando algo dá errado, o chamado passo maior que a perna. Às vezes o projeto é grande demais, indo além das expectativas. Outras vezes o dono do projeto dá uma de fominha e tenta arrancar mais grana, ou começam a aparecer problemas que só se tornam evidentes depois de começarem os trabalhos. Foi o caso da Mozilla com seu dongle de streaming, o MatchStick.

A ideia por trás do dispositivo era oferecer uma alternativa ao Chromecast, praticamente o único representante do gênero. O projeto foi lançado em outubro último e pedia US$ 100 mil, porém mais de US$ 470 mil foram arrecadados. Ele seria comercializado por US$ 25 contra US$ 35 do Chromecast, mas os backers poderiam adquirí-lo por US$ 18.

O hardware era bem decente: SoC Rockchip 3066, com dois núcleos A9, 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento interno, conexão HDMI e Wi-Fi e rodando Firefox OS. Claro, foi prometida compatibilidade com apps como Netflix e Spotify, entre outros.

http://www.youtube.com/watch?v=vZmQNxWvEYkMatchstick Events — Matchstick Web Video

Mas aí começaram os problemas. Prometido para fevereiro, o dongle atrasou. Nova data foi fixada para agosto, com um adicional upgrade para um SoC quad-core. Pois bem, chegamos aqui e nada. A Mozilla, através da subsidiária MatchStick se viu numa sinuca de bico e resolveu tomar a decisão mais dolorosa, que era cancelar o projeto.

A culpa, segundo a Mozilla é a incapacidade de lidar com DRM. Quando da época do primeiro adiamento, a empresa abriu uma vaga para um especialista nessa tecnologia, que é essencial para aplicações de terceiros que exibem conteúdo com direitos autorais possam funcionar.

Resumindo, os desenvolvedores do MatchStick não anteciparam que teriam dificuldades antes iniciar o desenvolvimento do projeto, e tentaram manter o cronograma assim mesmo. Quando deu zica, ficou tarde para recuperar a confiança dos compradores já que muita gente retirou o financiamento.

Que fique de lição: não é certo condenar todo e qualquer projeto de crowdfunding, mas os desenvolvedores devem ter cuidado na hora de estipularem datas e metas. E claro, aos financiadores fica a dica: você está investindo em um projeto que pode ou não dar certo, e não comprando um produto. Há chances reais de você perder sua grana.

E falando em grana, a Mozilla promete reembolsar todos os que investiram seu dinheirinho no MatchStick dentro do prazo de até 60 dias.

Fonte: Kickstarter.

relacionados


Comentários