Meio Bit » Baú » Games » Beta público de Street Fighter V mal chegou e já saiu do ar

Beta público de Street Fighter V mal chegou e já saiu do ar

Após uma série de problemas de conexão, Capcom decide suspender beta público de Street Fighter V por período indeterminado

24/07/2015 às 16:00

street-fighter-v

Vida de early adopter é dura, ainda mais se você adquire produtos na pré-venda. Nos videogames isso não é diferente, vide a vida dura dos que garantiram antecipadamente sua cópia de Street Fighter V.

A primeira fase beta deveria ter entrado no ar ontem, mas uma série de problemas levou a Capcom a tirá-la do ar por tempo indeterminado para realizar as correções necessárias.

Recapitulando: SFV está com lançamento previsto para o início de 2016 para PC e PS4 (nada de Xbox One; a Microsoft não quis entrar no multiplayer cross-platform e por causa disso o console jamais receberá uma versão, segundo a Capcom) e os jogadores que adquirirem o game durante a pré-venda terão direito a participar das várias fases beta do título, destinadas a testar o netcode e outras particularidades.

Pois bem: ontem teria início a primeira fase, que duraria até o dia 28. Mas a quase totalidade dos jogadores declararam total impossibilidade de conectar para jogar. Vale lembrar que o modo beta é apenas de batalhas online aleatórias, trará apenas quatro personagens selecionáveis (Ryu, Chun-li, M. Bison e Charlie) e contará com uma série de limitações, como não permitir que o jogador utilize os recursos Share do PS4 (seja chamar um amigo ou compartilhar capturas de tela e vídeos).

Como os problemas eram muitos, a Capcom achou melhor suspender temporariamente o beta e iniciou um período de manutenção, sem previsão de quando os jogadores poderão testá-lo novamente. Assim, o estúdio garantiu que o período será estendido quando retornar ao ar.

Assim, desnecessário dizer que o período beta serve exatamente para isso: detectar problemas e corrigí-los, mas ainda assim muitos — com certa razão — reclamam que os estúdios tornam os períodos públicos como um incentivo para alavancar as vendas de seus games. Assim, em tese Street Fighter V deveria estar jogável quando a Capcom disse que estaria. Claro, num mundo ideal isso até funcionaria mas a empresa não está de todo errada (ela vai corrigir os bugs afinal, melhor ocorrer agora do que depois do lançamento oficial, certo?), e quem comprou o jogo o fez sabendo que isso poderia acontecer. Portanto, caveat emptor.

Assim, se você comprou o game aguarde mais um pouco, você ainda poderá testá-lo. A Capcom só não sabe quando.

relacionados


Comentários