Meio Bit » Baú » Filmes e séries » EVO 2015 — Capcom revela novidades sobre Street Fighter V

EVO 2015 — Capcom revela novidades sobre Street Fighter V

Capcom revela novo lutador de Street Fighter V e confirma que o jogador poderá ter acesso a todo o conteúdo adicional lançado para o game gratuitamente

20/07/2015 às 16:00

street-fighter-v-cammy

A EVO 2015 é um torneio interessante para muita gente. Para alguns é divertido acompanhar os campeonatos de diversos títulos, onde jogadores se digladiam ferozmente por somas vultuosas de dinheiro e contratos com fabricantes de periféricos, tais como Mad Catz e Razer — essas que possuem seus próprios lutadores como garotos-propaganda.

Para outros é o fim de semana que os ávidos por jogos de luta aguardam por novidades a respeito dos futuros títulos, e uma que nunca falha em trazer informações fresquinhas é a Capcom: como o assunto agora é Street Fighter V todos sabiam que anúncios seriam feitos. E a companhia japonesa trouxe uma série deles para o game que será lançado em 2016 para PC e PS4.

A primeira informação que a Capcom divulgou não foi lá muito animadora: Street Fighter V será um lançamento a princípio somente em disco, portanto se você esperava adquiri-lo pela PSN ou Steam no Dia 1 pode tirar o bisão da chuva. Quem realizou o pre-order a fim de aproveitar o período beta terá que esperar na fila, enquanto todos os que adquirirem o game na forma física se divertem.

Já a outra leva de novidades se mostrou uma surpresa, se considerarmos o modus operandi da Capcom com a série desde sempre: o título não terá nenhuma variante Super, Ultra, Hyper, Turbo ou coisa que o valha, será Street Fighter V para todo o sempre. Pela primeira vez a empresa decidiu não mais lançar expansões do game em mídia física ou como grandes add-ons pagos e mais, toda e qualquer adição que será feita no decorrer da vida útil do título poderá ser desbloqueada gratuitamente pelo jogador.

Como a Capcom vai proceder: primeiro, ajustes no balanceamento e patches de correções serão obviamente disponibilizados automaticamente. Já DLCs propriamente ditos, como personagens extras ou conteúdo similar poderá ser adquirido jogando o game, mas há uma pegadinha (como sempre); a Capcom vai introduzir duas moedas virtuais no game, Fight Money e Zenny. Jogar os modos de SFV serão revertidas em Fight Money, que o jogador usará para comprar as adições. Já o Zenny é uma moeda premium, que pode ser adquirida (sem muita surpresa) gastando dinheiro de verdade.

Então temos a seguinte situação: os jogadores poderão sim adquirir todos os upgrades e DLCs de Street Fighter V sem ter que enfiar a mão no bolso mas a opção ainda estará lá, e questiono se a Capcom não vai colocar um preço exorbitante nos personagens e demais conteúdos para incentivar o jogador a gastar alguns Zennys ao invés de se matar para conseguir uma boa quantidade de Fight Money (que imagino, será ganho ao vencer os modos ou ganhar lutas online).

sfv-necalli

Claro que não foi só isso: ontem a Capcom revelou o primeiro lutador completamente novo do game, chamado Necalli. Poderoso e com técnicas de arremesso, a companhia o descreve como um lutador “que possui uma variedade de golpes selvagens de curto alcance, forjados no calor da batalha para causar o máximo de danos em seus oponentes”. Então tá…

Ah, tem trailer:

Street Fighter V: Necalli Reveal Trailer

A Capcom informa que Street Fighter V terá a princípio dezesseis personagens selecionáveis, quatro deles inteiramente inéditos. Com Necalli revelado faltam três. O produtor Yoshinori Ono prometeu revelar maiores informações na Brasil Game Show, inclusive a revelação de um novo personagem (possivelmente Blanka ou um outro brasileiro, se somando ao cenário numa favela carioca já revelado).

Fonte: PS Blog.

Bonus Stage: essa não podia ficar de fora. Quem esteve na EVO 2015 pôde tirar fotos com inúmeros cosplayers presentes, mas um deles — sem que o público desconfiasse — era bem ilustre e inusitado:

Pois é. A atriz Jamie Lee Curtis, foi ao evento com a família como um presente para o filho Thomas de 19 anos, que se formou recentemente. Para evitar o inevitável assédio dos fãs ela conveniente circulou pela feira como Vega, enquanto Thomas fez cosplay de Dee Jay e sua irmã Kelly Curtis se vestiu de Makoto. Já o marido, o também ator Christopher Guest (This is Spinal Tap) preferiu fazer cosplay de Dr. Bosconovich, da série Tekken. Família que faz cosplay unida permanece unida.

Curtis, aos 56 anos não é uma pessoa tão estranha assim a torneios de jogos de luta: ela admitiu que os frequenta com os filhos durante entrevista em janeiro para promover o filme Spare Parts, admitiu que joga Street Fighter regularmente e que tem na Cammy sua personagem favorita.

relacionados


Comentários