Meio Bit » Arquivos » Demais assuntos » Google Earth usado para prender plantadores da Erva do Capeta

Google Earth usado para prender plantadores da Erva do Capeta

30/01/2009 às 10:48

Você sabe, aquela erva usada pra fazer cigarrinho de artista. Pois é. Um grupo de espertos na Suíça teve uma brilhante idéia: Vamos plantar um milharal, mas no meio enchemos de pés de Maria Joana, assim quem passar pela estrada não vê nada.

É uma excelente idéia. Se fosse canavial, onde tradicionalmente queimam a plantação antes de começar a colheita, não daria muito certo, mas milho tá valendo.

Exceto que os caras já estavam na mira da polícia. Tanto que iriam receber uma visitinha de agentes da Lei, que com certeza não achariam nada comprometedor no milharal. Infelizmente os espertos moravam mal, e para achar o endereço correto os canas (sem relação com o hipotético canavial do parágrafo anterior) usaram o Google Earth.

Visto de cima o milharal mostrava não os alienígenas de Sinais, mas DOIS ACRES de plantação de maconha, escondidos.

Foi todo mundo em cana. No total 16, de uma quadrilha que em dois anos colocou 7,7 toneladas de muamba (nos tempos da censura se falava "muamba") no mercado, com faturamento anual entre 3 e 10 milhões de Francos Suíços.

O caso é interessante, desperta um questionamento: A polícia tem direito à Terceira Dimensão? Privacidade é um conceito meramente bidimensional?

Embora tecnicamente se a polícia conseguir ver um crime em andamento, ela tenha direito de invadir sua casa, até onde ela pode se esforçar? Escalar um muro alegando ter ouvido um barulho suspeito? Vigiar de um apartamento mais alto do outro lado da rua? Acessar o Google Earth e fuçar seu quintal?

Como clamar privacidade por algo visível no Eixo Y se a mesma coisa vista no Eixo X seria suficiente para uma ação por parte da polícia? E o Eixo Z? Uma casa em uma fazenda visível mas muito longe da cerca pode alegar que nada visto através de binóculos é válido, que é invasão de privacidade?

A solução é simples: Não quer que olhem de cima, faça um telhado.

Fonte: MSNBC

relacionados


Comentários