Meio Bit » Baú » Games » Jogos usados são o novo alvo da indústria

Jogos usados são o novo alvo da indústria

29/01/2009 às 21:25

E mais uma produtora junta-se a grupo das empresas que não estão satisfeita com o número de jogos usados à venda. Ben Feder, CEO da Take-Two conversou com um analista de mercado e mostrou estar bastante preocupado com a situação:

A parte de gestão (da empresa) está bastante frustrada com essa tendência e está estudando uma maneira de atenuar o problema, que inclui estratégias em volta da jogatina online e a disponibilização do download de conteúdo extra para ampliar a vida útil de títulos AAA.”

O executivo criticou ainda a venda de jogos de segunda mão em lojas como a GameStop e afirmou que o lançamento de Grand Theft Auto: Chinatown Wars para o DS será uma forma de medir o quanto os videogames da Nintendo estão preparados para jogos digamos, mais adultos.

Eu como um consumidor de jogos usados sei que ao fazer isso o meu dinheiro não está indo diretamente para as produtoras, contudo, não consigo entender essa prática como algo irregular e sempre toco no ponto de que os bons jogos dificilmente são vendidos, ache por exemplo, um Bioshock, um Ico ou um Final Fantasy VII usado para vender.

Também não entendo o seguinte, guardada as devidas proporções, porque as fabricantes de automóveis não reclamam das vendas de usados? Ou porque os estúdios de Hollywood não fazem lobby para acabar com as video locadoras?

dori_usa_29.01.09

[via GamesIndustry]

relacionados


Comentários