Meio Bit » Baú » Software » Depois do Y2K, o bug agora é o Y2Gay

Depois do Y2K, o bug agora é o Y2Gay

A aprovação do casamento igualitário nos EUA foi uma grande conquista, mas um desafio ainda maior espera os casais gays: a burocracia. Um monte de cartórios simplesmente não está preparado, e nem os formulários em papel nem os softwares aceitam dois noivos ou duas noivas. Aí, como sempre, sobra pra TI…

29/06/2015 às 15:35

jessica-brooke-real-lesbian-wedding-orlando-florida-alternative-life-photography-design-first-kiss

Nice…

Enquanto milhões de pessoas sensatas celebravam a decisão da Suprema Corte dos EUA, que invalidou as ações proibindo casamento igualitário em vários Estados, um problema se escondia, e nem é o risco alertado por alguns que se o casamento gay for aprovado seremos invadidos por nazistas montados em dinossauros.

O problema afeta diretamente os casais gays em busca de oficializar sua união, e é maior e mais assustador do que qualquer pastor fundamentalista: é a lerdeza estatal em atualizar sistemas.

Do mesmo jeito que o Bug do Milênio exigiu um esforço coordenado de centenas de milhares de profissionais de TI espalhados pelo mundo, a possibilidade de casais do mesmo sexo causa problemas bem maiores do que decidir quem senta aonde nos jantares chiques: os cartórios (estou adaptando) em boa parte dos EUA não estão preparados.

Em 14 Estados não havia casamento igualitário, com a decisão da Suprema Corte agora há, mas os softwares não estão prontos. Nos formulários ainda dá pra riscar, mas na hora de entrar no sistema, só há as opções noivo/noiva.

Alguns softwares não aceitam que você coloque um cidadão do sexo masculino no campo noiva, em outros as autoridades disseram que mesmo que o software aceite, essa inconsistência tornaria o casamento inválido.

Há gente correndo pra acelerar a atualização dos sistemas, mas dada a idade da maioria desses programas, vai demorar. Há contratos de manutenção vencidos, estagiário que sumiu com o código-fonte, gerente chato que não considera prioridade… a lista de empecilhos em potencial é imensa.

fivethirtyeight-0326-marriage2-blog480

A sociedade americana vem mudando rapidamente, em 1996 quase 70% da população era contra casamento gay, esse número caiu pra 50% no final de 2010. Em termos de mudança social isso é um Fórmula 1, mas estamos falando de mudança burocrática.

A melhor sugestão é que já que a união é reconhecida nacionalmente, é melhor os casais viajarem pra outro Estado e se casarem por lá, porque, convenhamos, mudar a opinião pública, enfrentar homofobia institucionalizada, fundamentalistas religiosos, republicanos preconceituosos e uma Suprema Corte dividida é fácil, comparado com esperar que uma repartição pública atualize softwares e papelada.

Fonte: Slate.

Leia também:

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários