Meio Bit » Baú » Games » GTA V inspirou liberdade do Fallout 4

GTA V inspirou liberdade do Fallout 4

Diretor do Fallout 4 diz que o Grand Theft Auto V serviu como inspiração para a liberdade que o RPG pretende entregar e será por causa dela que o título não será tão bonito quanto muitos esperavam.

23/06/2015 às 13:00

fallout-4

Nós vivemos uma época em que vários game designers se tornaram grandes celebridades, alguns deles tendo seus egos constantemente massageados pelos fãs e com as acusações de falta de criatividade surgindo por todos os lados, não é de se estranhar que muitos profissionais prefiram não revelar as obras que lhes serviram de inspirações.

Um que não viu problema em falar sobre o assunto foi Todd Howard, diretor do Fallout 4 que ao ser questionado sobre quais títulos influenciaram o RPG, citou um jogo muito elogiado por, entre outras coisas, ter um nível de liberdade acima da média.

Bem, em nosso jogos queremos lhes dar uma liberdade completa,” respondeu Howard. “Então, acho que nos últimos anos o GTA V teve sucesso com praticamente o mesmo tipo de coisa que estamos tentando tentando fazer. Eu olho para o jogo e penso, ‘Uau, eu simplesmente não sei como eles fizeram isso.’

É isso o que estamos tentando criar, este senso de ir a qualquer lugar e fazer qualquer coisa. O GTA V faz isso tão bem. Ele te coloca no seu mundo e o transforma em seu diretor. Ele diz bastante sim para o jogador e é isso o que estamos tentando fazer. É um jogo fenomenal.

O engraçado é pensar que se o Fallout 4 conseguir entregar tudo o que foi mostrado na E3, tem tudo para se tornar o próximo game a ser amplamente “copiado” e por falar na liberdade que teremos, Pete Hines, vice-presidente da Bethesda reconheceu que o jogo poderá não ter os melhores gráficos que já vimos, mas que isso se deve justamente a nos permitir fazer o que desejarmos no seu vasto mundo.

Segundo Hines, se um jogador desejar passar seu tempo colhendo flores e criando poções o dia inteiro, ele terá essa opção; se quiser atirar na cabeça de quem encontrar pela frente, também poderá fazer isso. Então, o objetivo do Fallout 4 não é nos encantar visualmente, mas deixar que interpretemos um papel da maneira que desejarmos.

Só para termos uma ideia da complexidade e da grandiosidade do jogo, o produtor chefe Jeff Gardiner afirmou já ter gasto mais de 400 horas no Fallout 4 e ainda assim continua encontrando coisas novas. Um prato cheio para quem gosta de imergir no mundo virtual dos jogos, mas um inferno para quem não consegue deixar de vasculhar cada cantinho.

GameSpot — Fallout 4 Gameplay Reveal - E3 2015 Bethesda Press Conference

Fonte: VG247 e PCGamer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários