Meio Bit » Baú » Mobile » Review: Sony Ericsson Xperia X1

Review: Sony Ericsson Xperia X1

16/01/2009 às 11:09

O Xperia foi um dos smartphones mais aguardados de 2008.

O primeiro aparelho da Sony Ericsson com Windows Mobile despertou a curiosidade de muita gente, já que a empresa é conhecida pelos cuidados com a usabilidade de seus aparelhos.

A interface baseada em painéis mostrada pela empresa deu esperanças a muitos de que finalmente o Windows Mobile se tornaria um sistema mais fácil de usar.

Agora que o Xperia finalmente esta a disposição dos "meros mortais" podemos conferir se a Sony acertou nesse aparelho.

Hardware

Apesar de levar a marca Sony Ericsson, o Xperia X1 foi na verdade desenvolvido e fabricado pela HTC. Isso explica o fato do Xperia ser o único celular da Sony Ericsson com slot microSD apenas, porta miniUSB e saída para fone de ouvido de 3,5mm.

Alem disso, os componentes internos dele são praticamente os mesmos dos últimos lançamentos da HTC, com processador de 528Mhz, 3,5G, WiFi e GPS. Ele também conta com 256 MB de RAM e 512 MB de armazenamento, dos quais apenas 200 MB e 288 MB (respectivamente) estão disponíveis pro usuário.

Na caixa, que achei bem simples para um aparelho tão caro, vem apenas o X1, um carregador USB, um cabo miniUSB e um fone de ouvido in-ear da Sony, além dos manuais e do CD com o ActiveSync.

Fora isso, o X1 é um smartphone muito bem construído. Feito quase todo em metal, com apenas alguns detalhes em plástico e partes da traseira em um material emborrachado, o que ajuda na "pegada" do aparelho.

O teclado QWERTY parece estranho no começo, mas com alguns dias de uso você se acostuma. Ele também possui iluminação, o que ajuda bastante se você precisar digitar em um local escuro.

A tela, de 3" com resolução WVGA (800x480 pixels) é muito boa e a sensibilidade aos toque é decente, melhor do que os aparelhos touchscreen da Samsung ou LG, mas ainda atras do iPhone.

Apenas senti falta de um acelerômetro, o único jeito de mudar a orientação da tela sem abrir o teclado é indo nas configurações do Windows Mobile, o que não é nada prático.

Camera

O X1 possui duas cameras, a traseira de 3.2 Megapixels e uma frontal, QVGA (320X240 pixels), para Prainha (quase) deserta em Peruíbe. videoconferencia. Ha um "flash", que é basicamente um ledzinho safado.

As fotos da camera são o padrão de celular, boas em boa iluminação e péssimas em ma iluminação. Não chegam nem perto das fotos tiradas com os celulares da linha Cybershot, da própria Sony, ou do Nokia N95/N82.

A versão vendida na Europa filma em resolução VGA a 30 FPS, mas a versão americana (que será a vendida aqui no Brasil) filmara apenas em QVGA por problemas com patentes. Rosa

Assim como no LG Renoir, o foco pode ser controlado através do toque - apesar de que eu acho que esta poderia ser uma opção e não o modo padrão da camera, já que o foco automático é mais pratico.

Ao lado, ha duas fotos que tirei com o Xperia para testar a camera dele.

Interface

Agora chegamos na parte mais interessante. A interface do Xperia é muito boa, mas infelizmente não cobre apenas uma parte do Windows Mobile.

Por padrão há sete painéis: A tela Hoje padrão do Windows Mobile, dois painéis feitos pela Sony, com atalhos, feeds RSS e calendário, um painel de mídia, um painel para radio FM, um com atalhos para o Google e por ultimo um painel com peixes animados e relógio.

O sistema dos painéis é interessante, mas os painéis padrões não ajudam muito a usar os recursos do Windows Mobile.

Os painéis da Sony possuem apenas atalhos para os aplicativos recentes, calendário, tarefas e a caixa de entrada.

Se você quiser, por exemplo, escrever um SMS, não ha nenhuma forma simples: É necessário ir ao menu iniciar, abrir o aplicativos Mensagens, escolher SMS/MMS e então abrir o menu do aplicativo e lá escolher Nova SMS.

Mas a Sony percebeu a mancada e disponibiliza o SPB Mobile Shell para download como um painel.

Ele possui três abas, uma com atalhos para todos os programas e acesso rápido a algumas funções (incluindo um para o envio de SMS), uma com relógio, previsão do tempo e calendário e a ultima aba com uma espécie de discagem rápida.

Todos os botões são facilmente acessíveis com o dedo, o que é muito pratico.

Só acho que o painel poderia vir pré-instalado no X1...

Um outro problema é o teclado virtual. O que vem instalado é o teclado padrão do Windows Mobile, feito para uso com a stylus - e, portanto, péssimo para usar com os dedos. Pode parecer besteira se preocupar com o teclado virtual em um dispositivo com teclado físico, mas o teclado virtual é muito útil. Se você esta usando o navegador com o X1 fechado e quer digitar um endereço, tem duas opções: Ou abre o aparelho, digita o endereço e o fecha ou se tortura tentando digitar no minúsculo tecladinho virtual.

Mas felizmente ha solução para isso, ainda que não oficial. No fórum xda-developers ha o teclado virtual do HTC Touch HD (que possui a tela com a mesma resolução do X1) para download. Ele melhora muito a digitação e é ótimo para digitar coisas pequenas, como um e-mail ou um post no twitter.

É outra coisa que a Sony poderia ter incluído no Xperia.

Mídia

O painel de mídia que vem no Xperia é praticamente idêntico a galeria de mídia de alguns celulares mais recentes da Sony Ericsson. O visual lembra bastante o XMB, presente no PSP e no PS3.

O player de musica organiza as musicas por artista e álbum, como qualquer MP3 Player decente. Também ha suporte para fotos e vídeos.

Com uma tela de 3 polegadas e resolução um pouco maior do que a de um DVD, assistir vídeos no Xperia é uma delicia.

O único problema é a capacidade de armazenamento - a tela dele pede vídeos em resolução decente. E o X1 esta limitado ao tamanho dos cartões microSD. Problema parecido com o que o iPhone e iPod touch sofrem: ambos possuem ótimas telas, mas possuem pouco espaço para serem realmente usados como player de vídeo.

Em termos de efeitos visuais, ele não perde em nada para o iPhone. Para mudar a foto que esta sendo visualizada, por exemplo, basta deslizar o dedo para o lado e o X1 ira mostrar uma espécie de dock com todas as fotos que estão na pasta selecionada.

Curiosamente, o painel de mídia também mostra os contatos. A interface é muito boa, bem melhor do que o gerenciador de contatos padrão do Windows Mobile. Certamente deveria haver um atalho para ele em outro lugar, já que ninguém vai procurar os contatos no painel de mídia.

Uma falha bastante grave no painel de mídia é que se você estiver ouvindo musica e trocar de painel, a musica para de tocar. Isso acontece porque os painéis substituem a tela Hoje do Windows Mobile, então apenas um pode ser executado.

Mas graças ao Pubba Panel Launcher e possivel executar os paineis como aplicativos normais - e assim eles rodam em segundo-plano.

Alem do painel de mídia, ha também um painel para ouvir radio FM, que sintoniza as estações e pode guardar 6 como favoritas.

Internet

O Xperia vem com dois navegadores, o Pocket Internet Explorer e o Opera Mobile 9.5. O Pocket IE consegue ser pior que o IE6, da para ignora-lo sem problemas.

Já o Opera é excelente e tudo pode ser acessado pelos dedos sem problemas - a navegação no Xperia só não é igual ao iPhone porque a tela dele não tem a mesma sensibilidade e porque vários sites foram otimizados apenas para o iPhone - a versão "iPhone" do site ate funciona no Opera, mas o site só da acesso a essa versão ao navegador do iPhone.

Um exemplo é o Google Reader, que possui duas versões moveis, uma simples, que funciona ate no meu finado Nokia 3120 e uma feita em Ajax, que só é mostrada a quem acessa de um iPhone. Sabendo o endereço da versão iPhone, consigo acessa-la tranqüilamente do Opera.

Mas alguns sites (como o GMail, orkut ou Globo.com) usam o mesmo endereço do site normal e só dão acesso a versão iPhone pra quem esta, de fato, com um iPhone. Mas depois de olhar um pouco as configurações do Opera, consegui resolver isso.

Outra coisa que me irrita no Opera é que só posso abrir ate 3 abas. Pode parecer muito para um celular, mas é só abrir o GMail, Google Reader e twitter que você já chegou ao limite... Nas configurações avançadas do Opera é possível mudar isto e eu já cheguei a 8 abas abertas (e o Skype e WLM rodando em segundo-plano) e o X1 continuou firme e forte. Os tempos dos smartphones/PocketPCs com 64 MB de RAM se foram, felizmente.

O cliente de e-mail embutido nele é razoável e cuida muito bem da minha conta Exchange, mas se enrola com os milhares de e-mails que tenho no GMail.

Ha também um cliente da própria MS para o Windows Live Messenger, do qual não ha muito para falar.

Aplicativos

Tirando os aplicativos padrão do Windows Mobile, o X1 vem com o Adobe Reader, Google Maps e uma versão de demonstração do jogo Bejeweled. No CD vem o instalador do WayFinder, um aplicativo GPS, mas que infelizmente não possui mapas para o Brasil.

O Windows Mobile é uma excelente plataforma para se desenvolver, graças a proximidade com o Windows "Desktop" e a documentação da Microsoft. Um bom exemplo disso é que o Windows Mobile é a única plataforma móvel com uma versão nativa do Skype (Ok, o Maemo também tem, mas ele é mais próximo do Linux "Desktop" do que o WinMob do Windows).

Algo chato é que boa parte dos aplicativos pra Windows Mobile é (muito bem) paga. Os preços estão quase sempre entre U$$ 15 e 40, bem longe dos preços dos aplicativos do iPhone.

Outro problema é que ultimamente o Windows Mobile tem sido visto como uma plataforma chata, feita apenas para trabalhar - não ha nenhum cliente twitter decente (o único que funcionou comigo é horrível) e o BeejiveIM, um ótimo messenger multiprotocolo, chegou a ser desenvolvido para o WinMob, mas foi descontinuado.

Claro que o Windows Mobile tem uma boa parte de culpa nisso, já que sua usabilidade é horrível em alguns aspectos. Espero que a MS melhore isso nas próximas versões - e se ate a RIM conseguiu transformar o Blackberry em um aparelho capaz de seduzir o "usuário normal", certamente a MS consegue o mesmo com o WinMob.

Mas para trabalho, o Windows Mobile é uma ótima plataforma. O Office Mobile é bem servido de recursos e o WinMob se da muito bem com os servidores Exchange. Somando isso com o teclado QWERTY, o Xperia se torna uma ótima opção pra quem quer (ou precisa) digitar textos ou e-mails longos.

Comparações

Com aparelhos eletrónicos é um pouco difícil fugir de comparações, então vou as mais comuns...

Xperia ou iPhone?

São aparelhos bastante diferentes, com focos diferentes, mas é simples escolher: Se você quer um celular para navegar na internet e usar como mídia player, o iPhone é a melhor opção. O hardware dele é mais fraco que o Xperia em alguns pontos (a tela, a camera e o teclado), mas a experiência de uso é bem superior. Sem contar os vários joguinhos para iPhone, uma área onde o Windows Mobile é bem fraco.

Mas se você quer um celular para editar documentos e escrever e-mails longos, o Xperia é melhor.

Xperia ou HTC Touch Diamond?

Os dois são aparelhos bem parecidos. A diferença entre os dois é que o Diamond já vem com o TouchFlo, que é uma interface bastante amigável (parecido com o SPB Mobile Shell) e não tem um teclado físico ou slot pra cartão de memória. Alem disso, a tela do Touch Diamond possui resolução menor (640x480 contra 800x480).

No exterior, o Diamond vale mais a pena na maioria dos casos, já que ele é bem mais barato que o Xperia e as diferenças são poucas.

Mas aqui no Brasil, o preço sugerido do Xperia (diretamente da Sony Ericsson, desbloqueado) é de R$ 2000, enquanto o Touch Diamond é vendido pela Vivo (o unico lugar onde o encontrei a venda) por R$ 2249 no pre-pago.

O Xperia certamente vale mais a pena, apesar de precisar de alguns ajustes para corrigir algumas falhas do aparelho. Você perde algum tempo, mas ganha uma tela melhor e não fica preso aos 4 GB do Diamond. Mas se o preço do Touch Diamond cair bastante, ele pode valer a pena.

Xperia ou LG Renoir?

Chega a ser absurdo comparar um featurephone com um smartphone, mas muita gente fará essa comparação...

O Renoir basta se você se contenta com o telefone que vem junto da ótima camera. Mas se você quer algo mais flexível, ele não da conta.

Já o Xperia é muito versátil, mas não agradará quem não esta acostumado com um smartphone ou quer um celular pra substituir a camera.

Conclusões

Infelizmente o Xperia não trouxe para o Windows Mobile uma interface simples de usar.

Do jeito que ele sai da caixa ele esta bastante cru, mas pode melhorar bastante depois de algumas alterações. E ainda ha o Windows Mobile por baixo e as vezes é necessário lidar com a interface dele, que não é muito fácil de usar.

Pra quem gosta do WinMob, ele é a melhor opção, especialmente por estar com um bom custo/beneficio.

Mas pra quem nunca teve um smartphone, acho que um aparelho com Symbian (ou o iPhone) seja melhor, graças a interface mais bem acabada.

PS: Obrigado a Priscilla da Porter Novelli por ter me emprestado o aparelho para o review.

relacionados


Comentários