Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Resenha: Kampen om Tungtvannet

Resenha: Kampen om Tungtvannet

Kampen om Tungtvannet er en utmerket miniserie. Har en viktig kapittel i andre verdenskrig, da allierte hindret en fabrikk i Norge til å produsere tungtvann, viktig å bombe Tyskland. Det er en norsk serie, overproduksjon, god selv. Klikk og les anmeldelsen / forklaring. Sério, clique!

03/06/2015 às 7:01

978x550

Calma, você não acessou um site pornô sueco sem-querer, até porque Kampen om Tungtvannet, como todos sabemos é norueguês, pode ser traduzido por “A Guerra da Água Pesada”.

Sim, estou recomendando (muito) uma série norueguesa, que não tem nada a ver com Vikings, mas calma. Não endoidei, não comecei a apreciar filmes existencialistas como “As Mãos Quentes do Dentista de Oslo”, escrito e dirigido por Yutte Hermsgervørdenbrøtbørda.

A Guerra da Água Pesada é uma minissérie rara, passada na Europa dos Anos 30/40 e que mexe direto com interesses de Hitler, mas sem Kung Fury para salvar o dia. Os heróis d'A Guerra da Água Pesada são outros, mas primeiro de tudo…

Que diabos é isso, você pergunta?

jon

Água, você sabe, é representada pela fórmula H2O. Dois átomos de hidrogênio, um de oxigênio.

O hidrogênio é o elemento mais simples encontrado na natureza, se resume a um próton e um elétron, mas como todo elemento, tem vários isótopos, que são variações no número de nêutrons. Isótopos podem ser radioativos ou estáveis. O C12 por exemplo é estável, com 6 prótons e 6 nêutrons, e compõe 98% do carbono existente. Já o C14 é instável, decai com o tempo e vira nitrogênio-14, quando um nêutron entra em modo Bruce Jenner, emite um elétron, um antineutrino e vira um próton.

A água pesada nada mais é que água onde em vez do hidrogênio, temos deutério, um nome bonito para hidrogênio com um próton e um nêutron no núcleo. Em termos de peso a água pesada é 10% mais densa que a água normal, mas suas características químicas são as mesmas, ou quase. Ela é água o suficiente para ser metabolizada, mas o nêutron extra nos hidrogênios torna a molécula mais estável. O efeito é colocar areia num relógio. Pouca tudo bem, mas se colocar muita começa a encalacrar as engrenagens.

Se mais de 50% da água de seu corpo for substituída por água pesada você corre sério risco de ter uma morte horrível, com o metabolismo de divisão celular interrompido. Os sintomas são os mesmos de morrer por envenenamento agudo por radiação, sem a radiação. Felizmente água pesada é uma fração insignificante da água que consumimos, por outro lado ela é bem útil, e aí entra nossa série. Entre vários usos água pesada serve para fazer isto:

nuclear_reactor

Água pesada absorve nêutrons com muita eficiência, mas não o suficiente para impedir reações em cadeia. Com isso ela se torna um moderador ideal para reatores nucleares, equipamento essencial para construir uma bomba atômica, e sabe QUEM estava interessado em uma bomba atômica?

54-1

Você pode até não gostar de Hitler, mas ele não era burro, e a possibilidade de uma bomba atômica era de conhecimento de Neils Bohr, Heisenberg e vários outros cientistas, mas as pesquisas ainda eram muito preliminares, atrasadas pelo êxodo de cientistas e técnicos judeus, que perceberam que as chances de estar na lista de cartões de Natal do governo eram pequenas.

O anti-semitismo reinante acabou jogando a favor, pois a teoria atômica é grandemente baseada na chamada (por nazistas) Física Judaica, e trabalhar sem referenciar diretamente Einstein e outros atrasou os alemães.

tungtvannet-960x539

Uma parte importante do projeto era a água pesada, comprada da única instalação do mundo que a produzia em quantidade, uma usina da Norsk Hydro parte da hidroelétrica Vemork, em Tinn, na Noruega. Primeiro a Alemanha chegou como cliente, depois cortou os intermediários e invadiu o país, acelerando a produção.

Os aliados enviaram duas missões secretas com forças especiais para sabotar a operação, e conseguiram. O trabalho de pesquisa foi tão atrasado que Hitler desistiu de bancar projetos muito caros com retorno em mais de seis meses. Não fosse isso a pesquisa nuclear nazista seria muito mais avançada.

A Guerra da Água Pesada trata dessas incursões e muito mais. Em alguns momentos lembra a excelente Manhattan, que resenhei mas misteriosamente desapareceu da Matrix, mas vista pelo outro lado. Temos o início da pesquisa, o Clube do Urânio, com gente com nomes como Heinsenberg, Bohr, Geiger, temos o lado da Noruega com a ocupação nazista e a resistência…

Temos o Steve Rogers e a Agente Carter Versão escandinava… 🙂

3vgFItoGpf8Fj8m_UMdtUQm8cxyCc-gFBkCkWPnxshPQ

A série toma algumas liberdades históricas, como exagerar a participação de Heisenberg no programa nuclear alemão, mas cumpre muito bem a missão de mostrar um lado da Guerra que pouca gente conhece. A campanha da Escandinávia é apenas mencionada na maioria dos filmes, na escola então nem se fala, nos 4 ou 5 dias que meus professores comunistas dedicaram à 2ª Guerra, nada sobre Suécia e Noruega foi sequer citado.

J_NY9P7VbxdV4MCqqFoD3A5D6dTR14S3CjDnyS68ChIQ

“Como assim Hoth, não é Noruega?” “Eu sabia que devíamos ter virado à direita em Albuquerque.”

A minissérie tem 6 capítulos, todos já disponíveis na locadora do Paulo Coelho, bem como nos sites de legendas, pois norueguês é forçar a amizade. Com orçamento de € 8,7 milhões; é a produção mais cara da história da TV norueguesa. Dá pra perceber, e usaram direitinho cada centavo.

NRK — Trailer: The Heavy Water War

Agradecimentos ao Giovani pela dica no tuinto.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários