Meio Bit » Arquivos » Demais assuntos » Microsoft enfim divulga os preços do Windows 10

Microsoft enfim divulga os preços do Windows 10

Preços oficiais do Windows 10 são divulgados pela Microsoft; valores são exatamente os mesmos praticados no Windows 8.1

02/06/2015 às 13:31

windows-10

Então, sabemos que 29 de julho será o dia do lançamento oficial do Windows 10 para desktops e tablets. Sabemos também que aqueles que possuem uma licença original do Windows 7, 8 ou 8.1 terão direito a atualizar o SO de graça durante o primeiro ano, e inclusive já podem reservar sua cópia.

Nós também sabemos que os usuários de cópias piratas também poderão atualizar, mas serão obrigados a pagar para legitimar o Windows 10 assim como os usuários de outras versões que não possuem suporte.

O que não sabíamos era quanto Redmond cobraria pelo sistema. Não mais.

O pessoal do site Neowin entrou em contato com a Microsoft a fim de descobrir os valores oficiais do sistema, e enfim a empresa resolveu quebrar o silêncio e esclarecer a única coisa que faltava. Até porque faltam pouco menos de dois meses para o lançamento.

Pois bem: mostrando que caridade é pedir esmola para dois a Microsoft não aliviou, os preços são exatamente os mesmos praticados no Windows 8.1. A versão Home custará US$ 119, enquanto que a Pro sairá por US$ 199. Os piratas muito provavelmente se enquadrarão em uma dessas duas categorias, sem choro nem vela.

Se você possuir o direito a atualizar para a versão Home e desejar migrar para a Pro terá que adquirir o Windows 10 Pro Pack, que custará US$ 99. E como não poderia deixar de ser, os valores valem tanto para a versão digital quanto para a física.

Senão vejamos: considerando que os valores não sofreram reajustes o Laguna terá que desembolsar uns bons cascalhos apenas para ter a caixinha do sistema operacional. No Brasil a versão Home do Windows 8.1 custa R$ 359, o Pro sai por R$ 610 e o Pro Pack custa módicos R$ 295.

A possibilidade dos preços do Windows 10 sofrerem uma redução são mínimas, eu diria até que o mais provável de acontecer é um reajuste para compensar a alta do dólar. O fato é que a Microsoft não é boba, ela pode até se dar ao luxo de fornecer o upgrade gratuito por um tempo a seus usuários legítimos, mas não abrirá mão de continuar lucrando forte com a venda de seu SO. E fato, a pirataria continuará rolando com força.

Fonte: Neowin.

relacionados


Comentários