Meio Bit » Baú » Fotografia » A Sandisk não recebeu o memorando da Apple

A Sandisk não recebeu o memorando da Apple

08/01/2009 às 20:54

Vejamos; todo mundo menos o Stallman está comemorando o fim do DRM - Digital Rights Management - no iTunes. Cada vez mais os consumidores estão fugindo das mídias que limitam o uso legítimo do conteúdo legalmente adquirido.

Assumir publicamente o uso de DRM hoje é tão mal-visto quanto pintar moto-serras com tinta à base de CFC e atirar a lata vazia em um golfinho.

Então alguém explique a lógica da Sandisk em lançar esse tal de Sansa SlotRadio. A primeira vista parece um MP3 Player xing-ling, e pelo preço, na faixa de US$100,00 o é, mas o buraco é mais embaixo.

Ele vem com o que poderia ser algo muito atraente, 1000, MIL, HUM MIL (como escrevíamos nos cheques) músicas selecionadas entre as paradas de sucesso.

Show de bola, certo?

Errado. As músicas estão "presas" no cartão de memória, associadas ao aparelho e não podem ser copiadas, movidas ou utilizadas em outro dispositivo.

Talvez alguns consumidores não se importem, afinal a um custo de US$0,04 por música, o preço está bem atraente. E também dá para comprar cartões microSD com 1000 músicas de gêneros específicos por US$40,00.

Será que o DRM, para o consumidor de players xinglings, se tornará algo aceitável? Não sei não. O que mais vejo nesse tipo de consumidor é o desejo de compartilhar com os amigos seu conteúdo. Na hora que o sujeito não puder copiar pro computador as músicas, irá comparar desfavoravelmente o SlotRadio com o pendrive MP5 que comprou no camelô e não oferece essas limitações.

Fonte: Gizmodo

relacionados


Comentários