Meio Bit » Baú » Internet » Filld — muito prático ou coisa de preguiçoso extremo?

Filld — muito prático ou coisa de preguiçoso extremo?

Na Rússia comunista o posto vai até o seu carro, se bem que é assim em São Francisco. Isso mesmo, uma startup bolou um modelo onde você diz onde está e alguém vai até lá e enche o tanque pra você.

22/05/2015 às 19:09

2404369724_4d192aa933_z

A proliferação de startups resolvendo problemas de Primeiro Mundo gerou muita coisa legal, mas também gerou abominações como aquele pote de café para retardados, mas no caso do Filld eu realmente estou em cima do muro.

O conceito é simples, tentador e jamais funcionaria no Brasil. Funciona assim:

Filld: Never Stop for Gas Again from Filld

Eu explico: você chega no trabalho e lembra que o carro está com pouca gasolina. Você pega seu iPhone, abre o app, confirma onde o carro está e em que horário ele ficará por lá. Aí você deixa a tampa do tanque aberta e vai cuidar da sua vida.

Em algum momento naquela janela de tempo determinada por você um carro-tanque da empresa chegará, encherá seu tanque e irá embora. Você paga uma taxa de (muita) conveniência de US$ 7,00 mais o custo da gasolina, cobrado no valor médio da sua região.

A startup por enquanto só tem uma pickup e atende apenas na área da Baía de São Francisco, perto de onde ficam os Nuclear Wessels. Não dá para ser muito lucrativo com um único ponto de distribuição, mas se investidores se interessarem o negócio pode crescer muito rápido, até algum político levantar a questão dos riscos envolvidos em abastecer carros no meio da rua. Claro, vão esquecer que é perfeitamente legal comprar gasolina no posto e levar até seu carro parado por pane seca.

Quer saber? Gostei dos serviços dos caras, é uma espécie de delivery de pizza, mas de gasolina. Eu usaria. Se bem que sou um baita de um preguiçoso…

Fonte: Popular Mechanics.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários