Meio Bit » Arquivos » Games » O “triste” destino de um trapaceiro no Guild Wars 2

O “triste” destino de um trapaceiro no Guild Wars 2

Para mostrar que a ArenaNet não tolera trapaceiros no Guild Wars 2, responsável pela segurança no jogo grava um curioso vídeo em que humilha o personagem de um jogador antes de banir sua conta.

07/05/2015 às 10:01

guild-wars-2

Os trapaceiros em jogos online são uma praga, uma capaz de estragar consideravelmente a experiência dos demais jogadores e com potencial até mesmo para afundar um título. Por isso muitas desenvolvedoras buscam diversas maneiras de combater a escória dos jogos eletrônicos, seja os relegando a servidores repletos de outros trapaceiros, seja simplesmente os banindo. A ArenaNet resolveu fazer um pouco diferente.

Após diversos relatos de que um jogador conhecido como J T Darkside estava utilizando programas para ter vantagem no Guild Wars 2, um dos responsáveis pela segurança do MMO resolveu tomar uma atitude, não apenas banindo o jogado, mas também o humilhando.

De acordo com Chris Cleary, nem sempre o acusado precisa ser pego no flagra, com vídeos feitos por outras pessoas sendo o suficiente para que a desenvolvedora tenha certeza de que o malandrão está trapaceando e para agradecer os que contribuíram, ele gravou os minutos finais do sujeito no game.

No vídeo podemos ver o personagem de J T Darkside sendo despido e cometendo suicídio no centro de Divinity’s Reach. Depois a pessoa que está no controle se dirige ao editor de personagens, apaga os dois que existiam por lá e então a conta acaba sendo banida.

Shazbawt — RIP DarkSide

Para todos aqueles que se irritaram com as atitudes do trapaceiro, aposto como o desfecho para o caso foi muito comemorado e mais do que punir o imbecil que não sabe se divertir da maneira correta, o vídeo é uma clara mensagem para todos que pensarem em seguir os seus passos: no Guild Wars 2, trapaceiro bom é trapaceiro morto!

Fonte: Massively Overpowered.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários