Meio Bit » Baú » Filmes e séries » Graças ao mar de haters, Joss Whedon abandona o Twitter [UPDATE]

Graças ao mar de haters, Joss Whedon abandona o Twitter [UPDATE]

Após inúmeras mensagens de ódio no Twitter relacionadas ao recente filme dos Vingadores, o diretor Joss Whedon abandona tal rede de microblogs. Colegas como James Gunn são solidários à tal atitude. As redes sociais estariam se tornando ambientes tóxicos para os famosos?

05/05/2015 às 20:28

Laguna_Joss_Whedon_Saturn_Awards_2013

Joss Whedon em entrevista durante o Saturn Awards 2013 (crédito: Crave Online)

O Twitter já foi melhor, mas o ódio visto no Facebook e Tumblr parece que também está contaminando a rede de microblogs favorita da internet. A nova vítima é Joss Whedon, diretor do filme Vingadores: Era de Ultron. Enquanto o filme arrecada mais de US$ 640 milhões em bilheteria e subindo, os haters calaram o diretor.

Ontem (04/05), Joss Whedon abandonou o Twitter. Em seu último tweet, ele disse o seguinte:

Agradeço a todas as pessoas que foram tão gentis, divertidas e inspiradoras por aqui.” — Joss Whedon

O motivo?

Após o lançamento do recente filme, centenas de pessoas todos os dias acusavam Joss Whedon de ter feito um filme misógino, transfóbico, racista, enfim, tudo que é ruim. Inclusive com ameaças de morte. Imagine milhares de notificações negativas, todos os dias. Ele não conseguiu suportar tal pilha de ódio e preferiu dar uma basta. Foi justo no Star Wars Day, por ironia do destino.

Não basta Joss Whedon ter um relacionamento complicado com a Marvel Studios, ainda tem que aturar um bocado de social justice warriors (SJW) de araque que tomam as dores de causas que talvez nem os representem. Realmente não é justo. Por isso não podemos ter coisas legais, como um diretor de Hollywood poder interagir com os fãs de seu trabalho.

O roteirista James Gunn, responsável pelo Guardiões da Galáxia, deixou um belo texto no Facebook sobre o colega ter abandonado o Twitter por causa das ameaças de morte:

[…]
Alguns meses atrás, uma pessoa no Twitter reclamou que algo em um dos meus personagens a ofendia. Já recebi milhares de tweets de pessoas com raiva de determinados trechos de meus filmes durante esses anos, e eu simplesmente ignorava ou mesmo ficava chateado. Só que aquele tweet em particular me afetou profundamente.
·
A última coisa que eu quero fazer com meu trabalho é machucar alguém, especialmente alguém que já se sente desfavorecido pela sociedade. Aquilo me fez pensar sobre o que escrevo em meus roteiros que tornar-se-ão filmes, e fico ainda mais receoso sobre situações assim no futuro. Ou seja, um tweet honesto me incomodou bem mais que milhares de outros cheios de ódio.”
[…]

O tio Laguna pergunta: esses haters não assistiram à Buffy? Não desejam um filme solo da Viúva Negra após vê-la em ação?

Complicado agradar a todos, mas alguns pedem a mão e já puxam logo o braço!

[Atualização]

O verdadeiro motivo sou eu.
·
O Twitter é uma pequena coisa bastante viciante, basta uma notificaçãozinha e vou lá checar. Quando você faz com frequência algo que começa a não ser mais prazeroso, é um passo para se tornar adicto.” — Joss Whedon em entrevista ao BuzzFeed

Em nova entrevista recente ao BuzzFeed, Joss Whedon declarou que sua saída do Twitter teria outro motivo: ele deseja maior foco nos próximos projetos.

relacionados


Comentários