Meio Bit » Baú » Games » Tripwire não quer mods pagos baseados em seus jogos

Tripwire não quer mods pagos baseados em seus jogos

EULA dos jogos da Tripwire Interactive diz que ninguém pode vender modificações baseadas em seus títulos e coloca ainda mais lenha na fogueira acesa pela Valve na semana passada.

27/04/2015 às 10:00

killing-floor

Na semana passada a Valve causou um enorme reboliço na internet ao permitir que os autores de modificações cobrem por suas criações, medida que uma enorme quantidade de jogadores consideram justa, mas que fez com que muitos outros reclamassem, dando início a uma acalorada discussão.

Para colocar ainda mais lenha nesta fogueira, alguém descobriu que a licença de uso dos jogos da Tripwire Interactive possui uma cláusula que proíbe a venda de qualquer mod baseado neles, o que significa que títulos como o Killing Floor 2 não deverão aderir à novidade.

Os seus mods devem ser distribuídos gratuitamente, ponto,” diz a EULA da desenvolvedora. “Nem você, nem qualquer pessoa ou grupo podem vendê-los a ninguém, explorá-los comercialmente de qualquer maneira ou cobrar de quem quer que seja ou utilizá-los sem uma autorização por escrito da Tripwire Interactive.

Tal postura pode ser encarada apenas como uma escolha da empresa, que afinal de contas tem o direito de fazer isso, mas ela chama a atenção por o estúdio ter sido formado por um grupo de modders que utilizaram o Unreal Tournament 2004 para desenvolver o primeiro Killing Floor, título que como bem sabemos, sempre foi vendido.

Se isso viesse de uma gigante como a Actvision ou a EA, tenho certeza que uma legião enfurecida estaria marchando com tochas e foices em direção a seus escritórios, por isso estou curioso para ver como os jogadores e principalmente a comunidade que modifica games encarará uma política que muitos certamente considerarão bastante antipática.

E para provar que não existe um consenso sobre o assunto mesmo entre os desenvolvedores, peguemos como exemplo Garry Newman, criador do popular Garry's Mod e que publicou um texto bem interessante elogiando a Valve pela iniciativa, inclusive fazendo uma relação de quem pode ganhar com isso e dizendo que se você não tem dinheiro para pagar por eles, que recorra à pirataria.

Aguardem cenas do próximo capítulo, pois tenho certeza que essa possibilidade de cobrarem por mods ainda renderá muitas outras discussões.

Fonte: PCGamesN.

relacionados


Comentários