Meio Bit » Baú » Games » Chefe do Xbox gostaria de ver Banjo e Kazooie no Super Smash Bros.

Chefe do Xbox gostaria de ver Banjo e Kazooie no Super Smash Bros.

Nintendo inicia campanha para que jogadores digam qual personagem gostariam de ver no Super Smash Bros. e Phil Spencer afirma que seria legal se a dupla Banjo-Kazooie tivesse essa sorte.

06/04/2015 às 10:00

Banjo-Kazooie

Mesmo sabendo que corro um enorme risco de ser apedrejado pelo o que direi, a verdade é que nunca gostei muito de Super Smash Bros. A sensação que tenho é de que a jogabilidade da série é caótica demais, mesmo sabendo que talvez o problema seja comigo e não com os jogos, mas no fim das contas nunca entendi muito bem o motivo de tanta adoração pela franquia da Nintendo.

Ainda assim, acho simplesmente fantástica a ideia de misturar personagens de diversas séries, incluindo de outras empresas e no que depender de Phil Spencer, executivo responsável pela divisão Xbox, pode ser que uma dupla outrora bastante ligada à empresa japonesa acabe aparecendo na última versão do jogo de luta.

Ao ser questionado no Twitter se ele poderia ajudar a fazer com que Banjo-Kazooie se tornasse um novo lutador, Spencer afirmou que seria legal se isso acontecesse através de um DLC e que como eles já trabalharam com a Nintendo em relação a propriedades intelectuais da Rare, isso não seria um problema.

A possibilidade surgiu devido a uma campanha iniciada pela BigN, que está pedindo para que os jogadores indiquem personagens que gostariam de ver no Super Smash Bros. e para tornar tudo ainda mais plausível, um representante da empresa disse que qualquer personagem de games é elegível, embora eles não possam garantir que eles serão incluídos no título.

O interessante nisso tudo é saber que, a menos que tudo não passe de um teatrinho, ambas as empresas estão abertas à conversa e depois de ter visto um crossover entre Street Fighter e Tekken; outro entre o principal jogo de luta da Capcom e o principal da SNK, e até mesmo o Project X Zone, que contava com personagens da Namco, da Capcom e da Sega, não ousaria dizer que algo como o desejado por Phil Spencer nunca acontecerá.

Um detalhe que me intriga em algo assim é quanto ao licenciamento. Será que a Microsoft receberia uma porcentagem das vendas de tal conteúdo adicional? Ou será que a fabricante do Xbox é que teria que pagar para a Nintendo? Afinal não deixa de ser uma propaganda ter um dos seus personagens em um jogo tão popular, não é mesmo?

Fonte: Destructoid.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários