Meio Bit » Baú » Games » O segredo por trás do aspecto viciante do Destiny

O segredo por trás do aspecto viciante do Destiny

Funcionário da Bungie revela segredo que levou a desenvolvedora a conseguir fazer com que o Destiny se tornasse um jogo tão viciante.

03/04/2015 às 10:00

destiny

Você já jogou Destiny? Se a resposta for positiva, existe uma boa chance de que em algum momento da campanha você se deu conta de que estava completamente viciado, que só gostaria de jogar mais um pouquinho e que não via a hora de estar diante da TV só para tentar ganhar algum equipamento mais poderoso.

Pois se isso aconteceu, saiba que não foi por acaso, já que de acordo com uma palestra realizada por John Hopson, a Bungie realizou uma extensa pesquisa para fazer com que o jogo fosse o mais viciante possível, algo que contou com a ajuda da ciência.

Valendo-se de algo conhecido como game design comportamental, o estudo funciona relacionando as tarefas dadas durante uma missão e as recompensas que os jogadores podem receber ao completá-las, e dependendo da reação das pessoas, modificações acabam sendo feitas no game.

Para chegar ao resultado que vimos no Destiny, a desenvolvedora começou os testes três anos antes do lançamento, quando dividiu os voluntários em cinco grupos — os jogadores de campanha mais ou menos dedicados, os onívoros mais ou menos dedicados e por fim, os especialistas. Eles então focaram nos onívoros, pessoas que gostam de jogar vários modos e que se encaixariam melhor na proposta do FPS.

Para saber o que agradava ou não as “cobaias”, a Bungie pediu para que cada uma deles dissesse qual reação tiveram após uma missão, informando sentimentos como frustração, alegria ou confusão e assim eles foram capazes de moldar o título de acordo com a a maneira como a maioria se comportou.

Como alguém que foi fisgado pelo Destiny, mesmo não tendo gostado tanto do jogo, posso atestar a eficácia do estudo realizado pela desenvolvedora, mas só para não parecer que sou um caso isolado, saiba que a média de tempo dedicado ao título é de 77 horas, nada mal para algo que recebeu duras críticas por seu roteiro ou por trazer pouca inovação.

Fonte: Gamesradar.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários