Meio Bit » Baú » Internet » Quem diria, usuários da Craigslist criando bom senso

Quem diria, usuários da Craigslist criando bom senso

Comprar online na Craigslist tem suas vantagens, uma delas é que as possibilidades do vendedor abrir sua barriga e roubar seu bebê são pequenas. Infelizmente tem gente que prefere arriscar, e a Polícia nos EUA está com boas sugestões para minimizar os riscos envolvidos…

27/03/2015 às 16:15

Dexter

Senta que lá vem Dexter.

Michelle Wilkins estava grávida de 7 meses, quando respondeu a um anúncio de roupas de bebê e foi até a casa de Dynel Lane, uma auxiliar de enfermagem. Lá Michelle foi espancada, amarrada e no melhor estilo coisa que só acontece em filme de terror e em campo de trabalhos forçados da Melhor Coréia, Dynel pegou uma faca, abriu a barriga de michelle e removeu o bebê.

Quando o marido de Dynel chegou em casa e viu a esposa coberta de sangue, e um feto na banheira tentando respirar, a explicação foi que ela havia “sofrido um aborto”. O marido pegou a mulher e a criança, levou para o hospital, sem saber que Michelle estava no porão. Ela só se salvou por conseguir se trancar numa sala, e telefonar para a polícia. O bebê morreu.

Essa história de horror é só mais uma das associadas à Craig's List, um serviço de classificados online que existe desde 1995 e não mudou o layout desde 2000. Acha-se de tudo lá, de colchão placentado a iPads que caíram do caminhão de mudança e misteriosamente se transformam em… chumbos de pesca.

As ofertas irresistíveis em geral envolvem encontros em estacionamentos à noite, e nem sempre acabam bem. Felizmente o bom senso está começando a prevalecer. A polícia de Seattle está seguindo as polícias de outras cidades e Estados e sugerindo aos compradores e vendedores da Craigslist que marquem encontros no saguão das delegacias.

É algo simples e eficaz, evita que você encontre com psicopatas, quem tentar te dar golpe ficará inibido e o sujeito que vende material roubado também não vai dar as caras.

Claro, se seu objetivo for comprar um iPhone 6 por US$ 50,00; sem caixa ou carregador, é por sua conta, mas como diziam em Roma, Caveat Emptor.

fonte: EG.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários