Meio Bit » Baú » Mobile » Não, você não vai se livrar dos bloatwares no Galaxy S6

Não, você não vai se livrar dos bloatwares no Galaxy S6

Samsung remodelou o TouchWiz no Galaxy S6 e S6 Edge, mas bloatwares continuarão presentes e não poderão ser removidos, contrariando rumores recentes

24/03/2015 às 11:01

galaxy-s6

A Samsung pode ter trabalhado cuidadosamente no TouchWiz para tornar seus novos dispositivos de ponta mais atraentes, mas isso não quer necessariamente dizer que a empresa mudou de ideia quanto a introduzir apps indesejáveis no Galaxy S6 e no S6 Edge.

Rumores davam conta que seria possível remover todos os bloatwares dos smartphones de forma simples e direta, mas agora a Samsung esclarece que não é assim que a banda toca.

O que a empresa sul-coreana fez nós já sabíamos antes do anúncio de ambos aparelhos: depois de perder mercado para os concorrentes e ter recebido duras críticas devido o espaço que sua interface personalizada comeu tanto no Galaxy S4 quanto no S5, a Samsung decidiu enxugar o TouchWiz de modo que ele se tornasse mais fluído e útil, além de ocupar menos espaço na memória Flash.

A partir daí começaram as especulações: um usuário do XDA Developers colocou as mãos em uma versão pre-release do S6, e descobriu ser possível remover quase que praticamente qualquer app pré-instalado no aparelho, incluindo aqueles tradicionais da Samsung como S Health, S Voice e outros. O que acontece é que muito provavelmente ele deve ter conseguido um aparelho que circulará na Coreia do Sul, e lá os fabricantes são obrigados por lei a permitir que o usuário possa desinstalar os bloatwares.

Já em outros lugares não teremos essa opção, ao menos é o que a Samsung deu a entender: ela lembra que de fato removeu muitas aplicações que só faziam ocupar espaço e irritavam o usuário, mas o foco da empresa é oferecer um TouchWiz funcional e elegante como ele nunca foi, e para isso alguns apps da própria Samsung foram remodelados completamente. A Samsung diz que manteve o foco na simplicidade, estilo e modernidade esperando que agora o TouchWiz não seja mais um foco de reclamações.

O único porém é o fato de que quase ninguém utiliza os apps próprios da Samsung, preferindo soluções fornecidas pelo Google ou aplicações de terceiros que geralmente possuem mais e melhores recursos. O ideal seria que tais programas pudessem mesmo ser desinstalados, mas pelo visto não será desta vez.

Fonte: SM.

relacionados


Comentários