Meio Bit » Arquivos » Games » 14 meses após ser lançado, MLB 14 já perderá seu modo online

14 meses após ser lançado, MLB 14 já perderá seu modo online

Sony anuncia fim das partidas online do MLB 14: The Show, jogo que foi lançado em abril do ano passado e que receberá uma continuação na próxima semana. Seria uma coincidência?

23/03/2015 às 13:00

mlb

Ao longo dos anos eu tenho comentado por aqui sobre a morte das porções online de alguns jogos. Títulos que muitas vezes forma laçados há bastante tempo e que não tinham mais quase ninguém os aproveitando, ou aqueles como o Final Fantasy XI, que não oferecem uma modo single-player e que por isso irão morrer pra valer. Porém, existem alguns casos que são tão absurdos que me fazem até questionar o que me faz continuar dando dinheiro para essa indústria.

A vítima da vez foi revelada pela Sony, que através do seu site informou que no próximo dia 18 de junho serão desligados os servidores do MLB 14: The Show, jogo lançado em abril do ano passado e que portanto só abrigará partidas online durante 14 meses, uma total falta de respeito com os consumidores e que fica ainda pior ao sabermos que todas as plataformas serão atingidas, PlayStation 4, PlayStation 3 e PS Vita.

Desenvolvido pela SCE San Diego Studio, o título receberá uma nova versão na próxima semana, o que deixa a impressão de que a medida não tem relação com a quantidade de pessoas que estão aproveitado o jogo online, mas sim com uma tentativa de vender mais cópias do novo game.

No entanto é importante dizer que como o jogo apareceu numa página gerenciada pela divisão europeia da Sony, pode ser que os servidores norte-americanos continuem funcionando por mais tempo, mesmo porque é lá onde se concentra a maior parte dos fãs do baseball.

De qualquer forma, tal anuncio evidência o quão sofrida tem sido a vida de alguns apaixonados por jogos de esporte, já que o MLB 14: The Show não foi o primeiro a “morrer” tão cedo. O NBA 2K14 foi um que perdeu sua parte online apenas 16 meses após ser lançado (e isso nos consoles da nova geração), enquanto a edição 2012 da mesma série de basquete teve os servidores desligados com apenas 13 meses de vida.

O curioso nesta história é que a EA, empresa normalmente alvo de muitas críticas e que possui uma forte linha de jogos de esportes, mantêm as porções online das edições 2012 do FIFA, NHL e NFL funcionando até hoje e mesmo jogos como o Fight Night 4 (e seus sucessores) continuam permitindo partidas pela internet.

Eu entendo que quando um jogo de esporte recebe uma nova edição, a maioria das pessoas migrem para ela, mas também sei que por uma séries de fatores muitos preferem continuar com as que já possuem e por isso lamento muito essa ganância por parte das desenvolvedoras, o que me faz desejar que alguma mudança seja feita neste sentido. Na minha opinião, já passou da hora das empresas tentarem outros modelos de negócios para jogos de esporte, como por exemplo vendê-los como serviços.

Fonte: IGN.

relacionados


Comentários