Meio Bit » Arquivos » Hardware » MWC 2015: este é o One M9, o novo top de linha da HTC

MWC 2015: este é o One M9, o novo top de linha da HTC

Após uma série de vazamentos, HTC enfim revela na MWC 2015 o One M9; novidades são mais pontuais e design permanece praticamente o mesmo do M8

02/03/2015 às 9:30

htc-one-m9

Desta vez deu a impressão que a HTC nem tentou, as informações acerca de seu mais novo smartphone de ponta vazaram quase que completamente, já sabíamos de antemão tudo o que seria revelado. O evento de ontem na MWC 2015 trouxe como novidade apenas o RE Vive, mas ainda assim os presentes puderam conferir de perto o One M9, que ainda assim parece um ótimo smartphone.

Convenhamos, a HTC sabe fazer smartphones bons. O One original foi eleito pela crítica o melhor smartphone de 2013, e o M8 esteve entre os melhores de 2014. Portanto não será muito estranho se o M9 também for muito bem cotado neste ano, embora a companhia de Taiwan tenha repetido o design do antecessor.

Longe de mim reclamar, o M9 continua tão bonito quanto o M8, só que eles são virtualmente idênticos e para alguns, isso pode vir a ser um problema (não para mim, mas não porei minhas mãozinhas nele mesmo…). Já na parte do hardware ele é exatamente tudo aquilo que já sabíamos: o novo top da HTC vem equipado com um SoC Snapdragon 810 da Qualcomm, octa-core 64 bits com quatro núcleos Cortex-A53 de 1,5 GHz e quatro A57 de 2 GHz e GPU Adreno 430, 3 GB de RAM, 32 GB de espaço interno (expansível via micro-SD até 128 GB), display de 5 polegadas Full HD (441 ppi) protegido por vidro Corning Gorilla Glass 4, câmera principal de 20,7 megapixels com autofoco, Flash de LED duplo e capaz de filmar e tirar fotos ao mesmo tempo (filma em 4K a 30 fps), câmera frontal UltraPixel de 4 MP, que filma em Full HD em 30 fps (ambas possuem HDR), alto-falantes 5.1 da BoomSound, bateria de 2.840 mAh e Android 5.0 Lollipop com interface Sense UI 7.0.

htc-one-m9-001

htc-one-m9-002

A HTC promete que o One M9 estará disponível em breve nos Estados Unidos e Canadá, e como bem sabemos nós não teremos esse gostinho já que a empresa não mais atua no Brasil. Ainda assim é uma opção interessante para quem deseja adquirir um Android parrudo lá fora, já que os taiwaneses não costumam decepcionar.

Sobre o MWC 2015, leia também:

relacionados


Comentários