Meio Bit » Baú » Fotografia » Konost quer lançar a 1º Rangefinder totalmente digital

Konost quer lançar a 1º Rangefinder totalmente digital

A Konost, uma startup da fotografia, promete lançar em 2016 as primeiras rangefinders verdadeiramente digitais do mundo. Será?

25/02/2015 às 14:46

konost_rangefinder

Vocês já ouviram falar da Konost? Bem, nem eu, mas a empresa apareceu na internet nos últimos meses e se classifica como uma Startup da área de fotografia e traz uma intenção ousada em seu planejamento. Eles dizem que vão lançar as primeiras câmeras rangefinders verdadeiramente digitais do mundo. Opa, mas vocês poderiam dizer que a Leica está nesse mercado desde a década passada, mas segundo eles a Leica não é uma rangefinder totalmente digital. Assim como as irmãs que se utilizam de filmes fotográficos, as câmeras digitais da Leica ainda mantém o mesmo sistema de foco por telêmetro mecânico, onde tudo funciona com prismas e espelhos.

O que as câmeras da Konost vão fazer é abolir o sistema de prismas, mas manter a mesma metodologia. No local do telêmetro teremos um segundo sensor de imagem que também vai mostrar no visor uma imagem sobreposta. Para acertar o foco da câmera o usuário tem que fazer as duas imagens se unirem. Simples e fácil. A desculpa para o novo sistema é que as câmeras vão ficar mais baratas para serem produzidas e menos onerosas para serem mantidas. Como pensar baixo é para os fracos, a empresa tem em seus planos o lançamento de três câmeras. Teremos uma câmera full frame (20 MP), uma câmera com sensor APS-C (12 MP) e uma compacta com lente fixa e sensor com 1 polegada (10,8 MP).

As duas câmeras com lentes intercambiáveis (que terão encaixe de lentes Leica) serão feitas de alumínio, terão controle manual total e de prioridades, captura em RAW, sensibilidade ISO de 100-6400 e velocidade de obturador entre 1 a 1/4000 s. Já a câmera compacta será de plástico industrial e fará fotos apenas em JPEG. Não existe previsão de preço ou datas específicas de lançamento. A única indicação é que os modelos Full Frame e com sensor APS-C chegam ao mercado no começo de 2016.

konost_rangefinder_2

Vai dar certo? Não sei. Geralmente os consumidores desconfiam pesadamente de novas empresas no ramo da fotografia. Como estamos falando de produtos caros o mais certo é apostar em uma empresa já consolidada. Porém, Sony e Samsung quando lançaram suas primeiras câmeras eram consideradas uma grande piada no meio da fotografia e hoje estão firmes e fortes no mercado com equipamentos de grande qualidade.

Fonte: Petapixel.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários