Meio Bit » Baú » Games » Sega adquire desenvolvedora do Marvel Puzzle Quest

Sega adquire desenvolvedora do Marvel Puzzle Quest

Sega anuncia compra da Demiurge Studios, além do investimento em dois estúdios dedicados a jogos mobile e reforça a ideia de investir pesado no desenvolvimento de games para tablets e smartphones.

20/02/2015 às 8:30

Marvel-Puzzle-Quest

De uma das empresas mais respeitadas e idolatradas da indústria, a Sega hoje não passa de uma caricatura da gigante que por tanto tempo duelou com a Nintendo pela liderança do mercado e a julgar pelas últimas atitudes da companhia, esse encolhimento deverá se tornar ainda mais evidente.

Primeiro veio a informação de que 300 funcionários da divisão japonesa receberam propostas de aposentadoria voluntária, o que foi seguido pelo anúncio de que o seu estúdio localizado em São Francisco, o Secret Level Inc, seria levado para o sul da Califórnia e em ambos os casos, o objetivo era cortar custos e permitir que a Sega voltasse suas forças para os tablets e smartphones.

Tendo registrado uma enorme queda de faturamento nos últimos meses, medidas drásticas são compreensíveis, mas aí surge a notícia de que Sega Networks, braço da companhia dedicada ao mobile, adquiriu a Demiurge Studios, além de ter comprado uma fatia considerável das ações da Ignited Artists e realizado um investimento na Space Ape Games.

No caso da primeira, durante muitos anos a desenvolvedora atuou ajudando outros estúdios, criando mapas para as porções multiplayer de alguns jogos e trabalhando na adaptação de títulos para outras plataformas, além de ter criado o Shoot Many Robots. Porém, o sucesso veio mesmo quando eles lançaram o Marvel Puzzle Quest, um jogo no estilo do Bejeweled, mas com os personagens da Casa das Ideias.

É importante dizer no entanto que o negócio não garante à Sega os direitos sobre este jogo, apenas sobre sua engine, mas de acordo com o vice-presidente da Sega Networks, Chris Olson, eles ajudarão a tornar o MPQ ainda melhor e pretendem aproveitar a sua estrutura em outros projetos.

Infelizmente os valores envolvidos nos negócios não foram revelados, mas ainda assim fica claro que o foco da Sega hoje está em tentar lucrar o máximo possível, gastando nos projetos a menor quantidade de dinheiro que puderem, algo que o mercado mobile já mostrou ser possível e que de um ponto de vista puramente comercial, parece fazer sentido.

Contudo, como alguém que cresceu admirando a Sega e que por muitos anos viu nela a única capaz de entregar um pouco da magia que a Nintendo sempre mostrou, é triste ter a sensação de que talvez não vejamos mais o surgimento de coisas fantásticas como um Shenmue, um Phantasy Star, um Gunstar Heroes, um Comix Zone e para não ficar só nos muito antigos, um Binary Domain ou até mesmo um Viking - Battle For Asgard ou . Só espero estar enganado em relação a esse “novo fim” da Sega.

Fonte: GameInformer.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários