Meio Bit » Baú » Games » Bethesda proíbe que jogo indie se chame Fortress Fallout

Bethesda proíbe que jogo indie se chame Fortress Fallout

Bethesda/ZeniMax colocam seus advogados para trabalhar e numa atitude completamente estúpida, obrigam que a pequena Xreal mude o nome do seu jogo, o Fortress Fallout.

18/02/2015 às 10:00

Fortress-Fallout

Era uma vez um pequeno estúdio independente que buscava seu lugar ao Sol criando jogos para tablets e smartphones. Para conquistar os jogadores e quem sabe, fazer do projeto uma mina de ouro, a Xreal começou a desenvolver um game chamado Fortress Fallout. Mal sabiam que isso incomodaria os deuses da indústria, no caso a ZeniMax, companhia conhecida por ser dona da Bethesda e por seus onipresentes advogados.

Co-fundado por Jordan “CaptainSparklerz” Maron, um famoso Youtuber, o estúdio recebeu na última semana uma carta da editora exigindo que eles trocassem o nome do projeto e caso você tenha imaginado que isso se deve a palavra Fallout, acertou, por mais difícil que seja acreditar.

Restava então à pequena desenvolvedora duas opções: desistir da disputa ou encarar uma briga complicada nos tribunais. A Xreal preferiu não bancar o Davi.

Conversamos com nossos advogados e eles disseram, ‘Sim, a Bethesda é uma companhia notoriamente litigiosa.’ O que significa que eles não hesitarão em abrir um processo contra pessoas que infrinjam suas marcas e eles também possuem muito dinheiro, o que eu e meu parceiro não temos no momento,” afirmou Moron, que continuou.

Então, essencialmente estamos sendo intimados a mudar o nosso nome… o que é lamentável, porque pessoalmente não sinto que exista qualquer confusão entre o Fortress Fallout e a franquia Fallout. Não acredito que as pessoas poderão ver o Fortress Fallout na App Store e dizer, ‘Ei, esta deve ser uma continuação da série Fallout.’

Pois basta olharmos para qualquer tela do game para concordarmos com o game designer, mas ao contrário do que aconteceu com a Mojang, quando a ZeniMax aceitou que o Scrolls mantivesse o nome, mesmo temendo que ele pudesse ser confundido com a franquia The Elder Scrolls, o tamanho da Xreal não perece ser suficiente para garantir uma briga minimamente justa.

O caso nos faz lembrar ainda da palhaçada armada pela King, que patenteou a palavra candy e que ainda queria fazer com que a Stoic Studio mudasse o nome do The Banner Saga, o que na minha opinião não passa de uma clara tentativa de mostrar sua força. Aliás, isto também parece valer para a Bethesda/ZeniMax, pois como bem disse Maron em seu desabafo, eles conseguiram, derrotaram seu pequeno estúdio e mostraram o quanto são poderosos.

Fonte: Gamespot.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários