Meio Bit » Baú » Ciência » JEWS FROM SPACE!

JEWS FROM SPACE!

Tirar foto do espaço não é novidade, mas um pessoal em Israel resolveu fazer graça. Os funcionários da Israel Aerospace Industries se juntaram para criar as iniciais da empresa no estacionamento e as fotografaram de um satélite a 500 km de altitude.

30/01/2015 às 21:30

1375513189342

Com as devidas desculpas a Mel Brooks

Está acontecendo em Israel a Semana Espacial, um evento que entre outras coisas honra a memória de Ilan Ramon, primeiro astronauta israelense, morto no acidente da Columbia, em 2003.

Entre os projetos, há equipes participando do prêmio lunar do Google, e pretendem lançar seus robôs ano que vem. O principal evento este ano será o lançamento da Academia Espacial Israelense, que treinará astronautas para futuras missões tripuladas. Não que haja pressa, a Agência Espacial Israelense tem uma verba direta mínima, a maior parte da pesquisa tecnológica está na área de defesa, felizmente para eles tudo é estratégico.

É o caso do trabalho das Industrias Aeroespaciais de Israel, uma estatal que sozinha (é eles também) tem um programa espacial melhor do que o nosso (isso já está ficando repetitivo).

Entre vários satélites, de comunicação, pesquisa, observação, eles produziram o EROS-B, Earth Resources Observation Satellite. Lançado em 2006, tem resolução de imagem de 70 cm por pixel, 250 kg de peso e orbitando a uma altitude média de 500 km, tem um link de 280 Mbit/s, podendo funcionar em tempo real, quando você totalmente absolutamente imediatamente precisa ver o que o Irã está fazendo.

Como a órbita do EROS-B é perfeitamente conhecida, ficou simples fazer uma graça na Space Week: os funcionários da IAI se juntaram e escreveram a sigla da empresa, formando o primeiro… space selfie (eu também odeio o nome mas chamaram assim).

groupshot

Aqui o vídeo com o making of. Note que ninguém estava com pressa, marcaram com bastante antecedência pelo visto.

התעשייה האווירית לישראל • IAI employees in satellite selfie

O mais engraçado é que por mais que seja todo mundo bonzinho, em uma ação de divulgação em um evento pacífico, a resolução de imagem foi propositalmente degradada. Isso não é 70 cm por pixel mesmo.

Isso vale como um pequeno sacode para quem acha que vivemos tempos de transparência total, que o F35 é o caça mais avançado sendo desenvolvido nos EUA, que o Elon Musk não tem nada na manga. Lembre-se, a Microsoft surpreendeu todo mundo com o HoloLens. Imagine o que está rolando nas pranchetas da Lockheed Martin, enquanto todo mundo se distrai com o F22 e o F35.

Fonte: PP.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários