Meio Bit » Baú » Ciência » Cientistas avançam relógio do Apocalipse. Ozymandias aprova

Cientistas avançam relógio do Apocalipse. Ozymandias aprova

A má notícia é que o Boletim dos Cientistas Atômicos adiantou o Relógio do Apocalipse e as chances da humanidade se explodir são as maiores em 31 anos. A boa notícia é que talvez você não precise se preocupar com aquele consórcio em 60 prestações do Possante…

25/01/2015 às 19:45

tictactictac

Em Watchmen, a obra-prima de Alan Moore o tema condutor da história são… relógios. Entre as menções está um tal Relógio do Apocalipse, que simbolizaria o quanto a Humanidade estaria perto de uma catástrofe global. É uma idéia tão surreal que só pode ser verdadeira. E é.

Fundada em 1945, o Boletim dos Cientistas Atômicos é uma revista que discute temas de alcance global. Em 1947 vários membros do Boletim que trabalharam no Projeto Manhattan resolveram criar o Relógio. Baseados na conjuntura mundial eles posicionam o ponteiro dos minutos, indicando o quão perto da Meia-Noite a Humanidade está. Meia-Noite significa… The End, Kaput, Kobayashy Maru, Hasta la Vista Baby, #SomosTodosTylerDurden.

Durante muito tempo o relógio só refletia a possibilidade de Guerra Total Termonuclear, mas depois que o filme do Al Gore deu lucro, validando o conceito, Aquecimento Global passou a fazer parte do conjunto de catástrofes monitoradas pelo grupo.

Em 1947 o relógio foi inaugurado faltando 7 pra meia-noite. O mais alto que chegou foi 2 pra Meia-Noite, em 1953, quando russos e americanos testaram suas bombas de hidrogênio. Mesmo durante a guerra do Vietnã ele ficou em 7. Em 1972 foi pra 12, com tratados anti-proliferação nuclear assinados entre as superpotências.

Subiu para 9 pra meia-noite em 1974 quando a Índia entrou pro clubinho de quem tem bomba atômica.

watchmen_screenshot__doomsday_clock_by_monsieurbubbles-d73kc74

A situação degringolou até que em 1984 o relógio marcava 3 pra Meia-Noite. Guerra no Afeganistão, misseis na Europa, Reagan chamando os russos de Império do Mal… mas no final tudo deu certo e em 1991 o relógio chegou a 17 pra Meia-Noite, com tratados de paz, fim da União Soviética, essas coisas.

Claro, como aprendemos em Watchmen nada acaba, nunca. A História continua e degringolou bonito. Em 1995 já chegamos a 14 pra meia-noite e de lá pra cá só piora. Em 2012, com a Terra se esfarelando por causa do aquecimento global, ameaças de terrorismo nuclear, Calendário Maia (ok, esse não) chegamos a 5 pra Meia-Noite. Esta contagem é tão terrível que foi a escolhida por Alan Moore em Watchmen.

Agora, mais precisamente dia 22 de janeiro o Boletim dos Cientistas Atômicos atualizou o relógio.

Por causa do Aquecimento Global, arsenais nucleares deteriorando e correndo o risco de extravio, tensão ente EUA e Rússia e o arranca-rabo na Ucrânia, chegamos ao ponto mais próximo do Apocalipse em 31 anos: 3 pra meia-noite.

O que está acontecendo na Ucrânia? Isto está acontecendo:

http://www.youtube.com/watch?v=kalGeRvjwYQНовости 25/25 — Украина стреляет с РСЗО 9K57 в ответку России

E isto também:

Mariupol DRAMATIC footage: Dashcam records strikes raining down on city

Aquela região é um barril de pólvora histórico. Aliás, pólvora não. É um barril de nitroglicerina na mão do Michael J. Fox, patinando no alto da Torre de Pisa, durante um terremoto. Putin ganhou a Criméia de presente, e não ficou satisfeito, os rebeldes supostamente armados por ele continuam atacando as tropas do governo de Kiev, que pra piorar está assumindo ares meio fascistas. Mesmo o ataque rebelde ao Aeroporto de Donetsk não serviu para dar um basta na briga: a ONU tentou reunir o Conselho de Segurança e mandar uma carta muito ríspida, mas a Rússia embarreirou.

Os vizinhos estão se armando, a Rússia está se armando, e as chances de acontecer outro MH17 aumentam a cada dia. E aí não vai mais rolar “ops, foi mal, champs”. Alguém vai ser bombardeado. Guerras já começaram por muito menos, a 1ª Guerra Mundial começou quando um idiota em Sarajevo resolveu matar o vocalista de uma banda de rock coxinha, ou algo assim.

Isso quer dizer que vamos todos morrer, o futuro Walking Dead vem aí? Não, os cientistas não são videntes, eles trabalham com probabilidades e tendências. O que eles dizem é que o mundo tem mais chance de dar errado agora do que antes, não que vai dar errado. Prefiro acreditar que o Relógio do Apocalipse funciona como amuleto contra Murphy. Quando a gente não se explode é o Universo intervindo pra sacanear o trabalho dos Cientistas Atômicos.

Fonte: AP.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários