Meio Bit » Baú » Games » WGA revela os jogos indicados ao prêmio de melhor roteiro

WGA revela os jogos indicados ao prêmio de melhor roteiro

Writers Guild of America revela indicados ao prêmio de melhor roteiro dos games e destaque vai para a Ubisoft, que emplacou dois títulos da série Assassin's Creed.

14/01/2015 às 13:01

alien-isolation

De alguns anos para cá eu passei a notar que uma das coisas que mais tem me agradado nos games é um bom roteiro. Isso não significa que eu não preze uma boa jogabilidade, mas a verdade é que já encarei muitos jogos considerados ruins apenas para saber como suas histórias se desenvolveriam, raramente tendo me arrependido de fazer isso.

Para muitas pessoas, o que importa num game é a sua mecânica, mas não há como negar que muito esforço tem sido dedicado a se levar bons roteiros para esta mídia e um exemplo disso pode ser visto na premiação da Writers Guild of America, associação que todos os anos tem escolhido as melhores histórias contadas através dos jogos eletrônicos.

Com previsão do grande vencedor ser revelado no dia 14 de fevereiro, a WGA divulgou os quatro títulos que estão concorrendo a melhor roteiro e embora apenas as empresas afiliadas possam participar, o que evidentemente limita muito o número de indicados, os escolhidos para este ano são bem interessantes. São eles:

  • Alien: Isolation — Escritores Dan Abnett, Dion Lay e Will Porter; SEGA.
  • Assassin's Creed: Freedom Cry — Roteirista líder Jill Murray; Roteirista Melissa MacCoubrey; História por Jill Murray, Hugo Giard e Wesley Pincombe; Ubisoft.
  • Assassin's Creed: Unity — História por Alexandre Amancio, Sylvain Bernard e Travis Stout; Argumento de Alexandre Amancio, Travis Stout, Russell Lees, Darby McDevitt e Ceri Young; Argumento adicional de Jeffrey Yohalem; Ubisoft.
  • The Last of Us: Left Behind — Escrito por Neil Druckmann; Sony Computer Entertainment.

·
Inicialmente chama a atenção o fato de termos dois jogos da Ubisoft, ambos pertencendo à franquia Assassin's Creed e no caso do Freedom Cry, acho muito legal notar que o jogo traz um negro como protagonista, algo bastante raro na indústria. Quanto ao Unity, ele também foi bastante elogiado, mas por contar com uma poderosa personagem feminina.

Outro detalhe interessante é ver a expansão do The Last of Us sendo indicada, já que no ano passado foi o original que acabou levando o prêmio. Será que a Naughty Dog repetirá a façanha? Enfim, o fato é que ainda não joguei este DLC e esta indicação me fez ficar com mais vontade de conhecê-lo.

No fim das contas, acho que pouco importa qual título poderá se vangloriar de ter vencido, pois na minha opinião, o importante é ver que as histórias dos games estão sendo reconhecidas por pessoas de fora e como os roteiros estão se tornando mais maduros.

Fonte: WGA East.

relacionados


Comentários