Meio Bit » Baú » Games » Outra universidade passa a dar bolsa de estudo para jogadores de LoL

Outra universidade passa a dar bolsa de estudo para jogadores de LoL

Seguindo o exemplo da Robert Morris University, universidade do Kentucky oferecerá 20 bolsas de estudo para jogadores de League of Legends, que serão tratados como atletas.

08/01/2015 às 13:00

league-of-legends

No ano passado a Robert Morris University fez algo que surpreendeu muitas pessoas. Situada na cidade de Chicago, a instituição passou a oferecer bolsas de estudo para jogadores de League of Legends, iniciativa que de certa forma ajudou a reforçar a ideia de que os jogos eletrônicos podem ser considerados esportes e percebendo o interesse dos “atletas”, agora outra universidade seguirá por este caminho.

A University of Pikeville é uma faculdade particular de artes localizada em Kentucky e embora alguns não gostem da ideia de jogadores serem agraciados com esse tipo de bolsa, o diretor de mídia Bruce Parsons explicou porque eles estão fazendo isso.

Na verdade o jogo está se tornando uma tendência mundial. Ele tem partidas competitivas entre equipes formadas por cinco pessoas. Ele exige habilidade, prática e muito trabalho em equipe. Será um regime muito parecido com o de atletas. Eles precisarão ter uma certa média [de notas]. Olharemos para eles como estudantes atletas. Haverá tempo para treino e períodos para vídeo onde terão que estudar outras equipes para competições que estão para acontecer.

Porém, Parsons admitiu que esta será também uma maneira de colocar a UPike em evidência e com apenas 20 bolsas disponíveis para milhares de interessados, inclusive de outros países, é muito provável que a procura e a concorrência seja imensa.

Enquanto a discussão sobre os eSports deverem ou não ser considerados esportes tradicionais parece longe de um fim, a tendência é que cada vez mais universidades passem a oferecer bolsas para os jogadores, afinal esta parece ser mesmo uma excelente maneira de chamar a atenção dos estudantes, assim como da da mídia no geral.

É, e pensar que sua mãe vivia dizendo que os jogos eletrônicos não te levariam a lugar algum, não é mesmo?

Fonte: PC Gamer.

relacionados


Comentários