Meio Bit » Arquivos » Ciência » O Cachorro de 6 Milhões de Dólares

O Cachorro de 6 Milhões de Dólares

Um cachorro tortinho, uma protetora que trabalha em uma empresa especializada em impressão 3D. Sim, final feliz. Assista e sorria.

17/12/2014 às 10:15

V_dog

Derby é o filhote mestiço de Husky siberiano que nasceu com um defeito genético: suas patas dianteiras são atrofiadas. Se fosse em um daqueles criadouros, que parecem uma mistura de Auschwitz com maternidade, ele seria simplesmente executado, mas por sorte alguém teve pena, e ele foi apenas jogado fora.

Recolhido a um abrigo, passava seu tempo em cadeiras de rodas ou rastejando, usando apenas as patas traseiras. A única chance de ser feliz surgiu semana passada quando o Papa Francisco teria dito a um garotinho que seu cachorro morto estava no céu. Não exatamente. A história era falsa e a doutrina católica continua a mesma: animais não possuem alma. Não vão para lugar nenhum. Access Denied, Derby.

Eis que entra na história uma protetora de nome Tara Anderson, que acolheu Derby em regime de lar temporário. Não à toa. Tara é funcionária da 3D Systems, empresa pioneira no ramo de impressão 3D.

Ela apresentou o caso e a 3D Systems decidiu ajudar Derby. Próteses feitas pelo método tradicional costumam ser caras por causa do trabalho. Entre idas e vindas ajustando formatos e encaixes, pode ser preciso até 10 versões. Com a impressão 3D isso não acontece mais.

Primeiro Derby foi escaneado, sua ossatura única foi escaneada e, com ajuda de ortopedistas veterinários especializados em próteses, produziram um par de patas adequadas a um filhote, especiais para corrida. Forrest Cão chamaria de “patas mágicas”.

Derby foi adotado por Sherri e Dom Portanova. Eles correm felizes, os três, entre 3 e 5 km todos os dias.

Eu duvido que Derby se importe com a opinião do Papa. Até porque ele estava errado. Basta olhar o vídeo de Derby correndo e fica mais que claro que esse cachorro está no paraíso.

3D Systems — Derby the dog: Running on 3D Printed Prosthetics

P.S.: aos chatos literais: provavelmente as próteses custaram menos de US$ 6 milhões.

Fonte: Makezine.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários