Meio Bit » Arquivos » Livros e quadrinhos » Kindle Unlimited chega ao Brasil por R$ 19,90 ao mês

Kindle Unlimited chega ao Brasil por R$ 19,90 ao mês

KIndle Unlimited, o serviço da Amazon que está sendo chamado de “Netflix dos livros” chega ao Brasil com 700 mil e-books no catálogo; primeiro mês é grátis

16/12/2014 às 9:31

kindle-unlimited

Alguns meses atrás a Amazon introduziu um novo serviço de assinatura chamado Kindle Unlimited (lançado às pressas após um vazamento) que funciona exatamente como o Netflix: com uma taxa mensal você tem direito a um acervo enorme de livros digitais, dos mais variados tipos. E agora esse serviço desembarca por aqui.

Assim como nos Estados Unidos, por apenas R$ 19,90 por mês o usuário tem direito a um acervo de quase 700 mil títulos, entre nacionais e estrangeiros, de diversas categorias — infantil, ficção, didático, técnico, etc. É uma oferta deveras interessante para leitores compulsivos, que estão sempre lendo alguma coisa e podem utilizar qualquer gadget que possuam – Android, iOS ou Kindle. E vale lembrar que a Amazon oferece os primeiros 30 dias gratuitamente.

Entretanto é preciso dizer algumas coisas: muitas editoras brasileiras não fecharam com a lojinha de Jeff Bezos e portanto, você não encontrará suas publicações disponíveis. As mais notórias a ficarem de fora são as que compõem a DLD (Distribuidora de Livros Digitais, empresa que reúne as editoras L&PM, Novo Conceito, Objetiva, Planeta, Record, Rocco e Sextante), Intrínseca, Ediouro e Companhia das Letras. Por outro lado publicações das editoras LeYa, Globo, Universo dos Livros, Gente, PandaBooks, Zahar e V&R estão disponíveis. Ao que tudo indica a negociação não foi das melhores, tendo a Amazon aparentemente oferecido uma compensação fixa independente de quantas vezes a obra seja acessada pelos usuários.

O usuário só poderá “alugar” dez livros por vez, e cada um deles em até seis devices. Para pegar mais um terá que “devolver” um dos que está em seu poder à biblioteca virtual. A oferta de livros em português não é muito grande (11.974 contra mais de 640 mil em inglês), mas o gerente da Amazon Brasil Alex Spazio está bem otimista: “como aconteceu nos EUA, a tendência é que esse catálogo cresça”. Caso vingue seria muito bom ver o número de publicações em português aumentar.

Fonte: Amazon Brasil.

relacionados


Comentários