Meio Bit » Baú » Filmes e séries » Google vai lançar versões de produtos voltadas para crianças

Google vai lançar versões de produtos voltadas para crianças

Google pretende em 2015 lançar versões de alguns de seus produtos como Chrome, YouTube, Google Search e outros voltados para crianças de até 12 anos

04/12/2014 às 11:30

google-for-kids

Não é preciso pensar muito para chegar à conclusão de que grande parte dos usuários do Google são crianças, e bem, seus produtos não são lá muito voltados para esses pequenos internautas. E nem estou falando de filtros anti-pr0n, jogos de azar e outros conteúdos não adequados, é questão de usabilidade mesmo: Mountain View não fala a linguagem da molecada. Isso enfim vai mudar.

A ideia nem é tão nova assim: os primeiros informes de que o Google estaria trabalhando em versões de alguns de seus principais produtos para os pequenos, em que os principais candidatos são o Chrome, o Google Search e o YouTube pipocou em agosto. A ideia era a seguinte: repaginá-los de forma que menores de 13 anos possam utilizar as ferramentas de forma legal. Agora saiu a confirmação, vindo da VP de Engenharia Pavni Diwanji, que confirmou se tratar de um esforço em tempo integral, embora não haja uma data para que os programas para as crianças dêem as caras.

Segundo Diwanji, a principal motivação do Google em desenvolver versões amigáveis para os pequenos de seus produtos não é (a princípio) mercadológica, e sim porque boa parte dos executivos de Mountain View já são mães e pais (é preciso lembrar que o Google é uma companhia gigante, porém jovem). Por isso, a empresa estaria empenhada em entregar soluções simples e seguras que seus filhos possam usar, e por tabela todas as demais crianças.

Diwanji também disse que o desejo do Google não entregar uma ferramenta limitada, e sim uma que fale a língua das crianças e que seja fácil de usar, portanto tão poderosa quanto as versões originais. Isso posto Mountain View quer motivar as crianças a serem também produtoras e consumidoras de conteúdo, da mesma forma que os adultos.

Não sejamos inocentes: apesar da declaração oficial é fato que o Google está buscando uma maneira de oferecer seus produtos para crianças de forma legal, já que os menores de 13 anos não podem acessar serviços de internet. Se isso acontecer de fato será mais uma nova e enorme fatia de mercado que a gigante das buscas terá acesso e evidentemente, para o qual poderá veicular ads específicos.

Fonte: USAT.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários