Meio Bit » Arquivos » Fotografia » O Flickr vai vender suas fotos — e você não vai ganhar nada

O Flickr vai vender suas fotos — e você não vai ganhar nada

Polêmica do momento na fotografia: o Flickr colocou à venda milhões de fotos postadas no sistema de Creative Commons e o autor da imagem não vai ganhar nada. Entenda esse rolo.

02/12/2014 às 21:17

flcikr_venda_de_imagens

Eu tento defender o Flickr, vocês sabem, mas as vezes fica difícil. Tenho conta no serviço desde 2005 e postava minhas fotos escaneadas, já que a fotografia digital ainda era um sonho distante. Para falar a verdade, é o único serviço que tenho paciência de atualizar com minhas fotos. Já tentei outros e não deu certo. Nos últimos anos o Flickr vem sendo bombardeado com acusações de possuir termos abusivos de utilização das fotos postadas por lá. Muita gente brada sobre o desrespeito para com alguns pontos dos direitos autorais. Concordo em parte com as críticas, já que a maioria das redes sociais possuem os mesmos termos considerados abusivos e todo mundo acaba utilizando. Mas, agora temos uma nova situação que serve de munição para quem critica o serviço.

Nessa semana, ao abrir meu painel de controle do Flickr me deparei com a propaganda de vendas de imagens em grandes impressões. Segundo o baner publicitário “Mais de 50 milhões das mais lindas fotos do Flickr agora em sua parede”. O programa, chamado de Wall Art, foi anunciado há algum tempo pelo Yahoo (dono do Flickr), mas ninguém sabia muito bem o que era. Com o tempo ficamos sabendo que se tratava de um serviço de venda de grandes impressões utilizando as fotos do Flickr. A primeira coisa que veio a minha mente é que eu poderia imprimir minhas fotos nesse formato com qualidade e um preço bacana. Assim que tudo foi revelado, ficamos sabendo que a grande sacada do serviço é vender, para fins de decoração, algumas das melhores fotos que estão armazenadas no Flickr. Tem muita coisa de domínio público e, para quem gosta de ciência, existe o álbum de imagens da NASA que faria qualquer nerd pagar o valor para ter qualquer das fotos na parede. Porém, a grande pancada veio da notícia que o Flickr iria colocar a disposição no Wall Art todas as fotos postadas no sistema de Creative Commons e que o autor da imagem não iria ganhar nada pela venda de sua foto.

Agora entendemos a causa da chiadeira generalizada que encontramos na internet sobre o tema. Levando em conta o aspecto legal da coisa, o Flickr não está fazendo nada de errado, mas no aspecto moral já é outra coisa. Além de xingar muito no Twitter e no Facebook, os fotógrafos que se sentiram ofendidos podem simplesmente deletar sua conta ou desmarcar a opção CC de suas imagens, mas do jeito que a coisa foi feita eu digo que o Flickr vai ficar com mais uma mancha em sua reputação. Só lembrando que lá no fim da página da loja do Wall Art existe a opção para usar suas próprias fotos na impressão dos quadros, mas quase não chama a atenção.

relacionados


Comentários