Meio Bit » Baú » Games » Activision está derrubando vídeos que revelam cheats de CoD: Advanced Warfare

Activision está derrubando vídeos que revelam cheats de CoD: Advanced Warfare

YouTubers do Machinima que compartilharem vídeos revelando cheats de CoD: Advanced Warfare estão sujeitos e receberem strikes da Activision de presente

25/11/2014 às 11:42

cod-advanced-warfare

A Activision está bancando a mãe com Call of Duty: Advanced Warfare, a ponto de não deixar que vídeos que mostrem as suas entranhas sejam veiculados nas interwebs. O problema é a forma como ela está fazendo isso: distribuindo strikes no YouTube a quem subir vídeos que revelem cheats e exploits no game.

Tudo começou quando o Machinima enviou um e-mail a seus associados no último fim de semana, alertando para a possibilidade dos mesmos receberem strikes caso postem vídeos de “glitches”, ou seja, quaisquer bugs que venham a revelar falhas em Advanced Warfare. Isso parece um tanto estranho, pois há uma profusão de vídeos de bugs encontrados no jogo no YouTube e a Activision não está se posicionando contra eles. Seria uma preocupação apenas com o pessoal do Machinima, que já se envolveu em um rolo parecido no início do ano?

Segundo a Activision não é o caso. Depois de muita gente reclamar que ela estava tentando maquiar a divulgação, permitindo apenas vídeos de games que mostrem o funcionamento normal da jogatina ela emitiu uma nota, em que esclarece que os strikes estão sendo distribuídos a usuários que postam vídeos de cheats, pois considera isso “uma prática desleal”.

O grande problema disso tudo é a forma como a Activision está lidando com os YouTubers que postam vídeos de cheats: ela está se utilizando do DMCA para clamar infração de copyright, o que lhe permite distribuiu um strike direto. E todos sabemos que isso é o pior que pode acontecer, pois bastam três strikes e seu canal já era. Foi o que aconteceu com o canal original do Nick, que foi derrubado por três notificações sem direito de contestação de um detentor dos direitos de uma bandinha aí.

A Activision pode até estar certa em querer proteger suas IPs evitando que vídeos de cheats sejam divulgados (embora isso seja uma tradição), eu não concordo que distribuir strikes seja a melhor alternativa para resolver a questão. Isso só aumenta o descontentamento dos usuários e não ajuda em melhorar em nada a imagem da companhia, que visa o lucro a qualquer custo, o que lhe fez espremer inúmeras franquias ao longo dos anos até secarem.

Fonte: EG.

relacionados


Comentários