Meio Bit » Arquivos » Ciência » Elon Musk desenvolvendo X-Wings. Mais ou menos.

Elon Musk desenvolvendo X-Wings. Mais ou menos.

Elon Musk está criando X-Wings? Mais ou menos, mas o novo Falcon 9 terá um “modo x-wing” em suas aletas direcionais. Ou são as maiores raquetes de matar mosquito que já vi…

24/11/2014 às 14:52

elon-musk-in-the-dragon-v2

NASA é para os fracos, Tony prefere uma nave com cara de Sci-Fi.

As empresas envolvidas em exploração espacial geralmente caíam em duas categorias: as contratadas chapa-branca tipo Boeing, Lockheed-Martin e ULA, que constroem o encomendado mas são anônimas e sem charme, e firmas de malucos que assistiram Flash Gordon demais na infância, andam com chapéus de papel-alumínio e prometem o Universo mas não entregam nada.

A SpaceX fica no meio do caminho. Elon Musk e seus funcionários são descaradamente influenciados por ficção científica. Musk apareceu como ele mesmo em Homem de Ferro e até no Machete Kills. A fábrica da SpaceX foi usada em Homem de Ferro 2 como cenário para as Indústrias Hammer, mas as semelhanças param aí. As máquinas do Musk funcionam. Quase sempre.

A brincadeira agora é criar foguetes reutilizáveis de verdade, não como o Space Shuttle, onde o tancão laranja ia pro espaço (não literalmente) os foguetes auxiliares tinham que ser reconstruídos e a nave em si levava seis meses na oficina antes de voar de novo. Em teoria um Falcon 9 só precisaria ser reabastecido e decolaria de novo. Só que isso envolve alguns problemas.

Foguetes são ótimos para subir mas péssimos para descer de forma controlada. Não há combustível sobrando para manobrar muito, e a posição do escapamento não ajuda. Para facilitar a SpaceX está usando aletas gradeadas para direcionar o vôo. E, nas palavras de Elon Musk, estão em configuração X-Wing.

spacex-drone-ship-9

Eles já fizeram experiências com essas aletas, veja este teste com o Falcon 9 Reutilizável:

SpaceX — F9R 1000m Fin Flight | Onboard Cam and Wide Shot

Ailerons e aletas normais não são viáveis nas velocidades em que o Falcon 9 viaja, por isso a configuração em formato raquete de matar mosquito. A idéia é que o foguete seja controlável quando estiver descendo, mesmo em velocidade supersônica e na fase transônica.

Qual o motivo de tanta precisão? Levar o Falcon 9 até aqui:

barcadomal

Essa barcaça é automatizada, usa estabilizadores da Thrustmaster que mantém a embarcação estabilizada (d'oh) mesmo em mar de tempestade com precisão de 3 metros.

O Falcon 9 pousará, será reabastecido e voará de volta para a base de lançamento. Simples assim.

A SpaceX vai construir vários desses postos de gasolina flutuantes, com isso será possível trabalhar com vários cenários e lançamentos, sem ter que mandar o bicho navegar pelo Atlântico para se adequar a cada perfil de vôo.

Se isso não parece ficção científica, nada mais parece!

Fonte: E.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários