Meio Bit » Baú » Games » A preocupante situação do Steam Early Access

A preocupante situação do Steam Early Access

Analista revela que apenas 25% dos jogos lançados como Early Access são terminados e reforça o perigo de investirmos em títulos que ainda estão sendo desenvolvidos.

18/11/2014 às 8:30

massive-chalice

Nos últimos meses temos falado sobre alguns problemas relacionados ao programa Early Access do Steam e agora a EEDAR, uma importante empresa de pesquisa do mercado de games, divulga algumas informações bastante preocupante sobre esta forma de financiamento.

Segundo Patrick Walker, apenas 25% dos projetos lançados antecipadamente foram terminados e embora ele admita que parte de problema se deva a grande quantidade de títulos disponibilizados recentemente, a situação não fica muito melhor quando olhamos para aqueles que deram as caras no ano passado, já que menos de 42% deles receberam uma versão final.

Embora existam muitos benefícios no modelo Early Access, há também a possibilidade de quebra de promessa para o consumidor,” explicou o analista. “Isso não é diferente de outros modelos na indústria de games, como o financiamento coletivo através do Kickstarter ou a venda de DLCs por Season pass, onde o consumidor paga adiantado por conteúdo prometido. Uma diferença notável entre esses modelos em particular e o Steam Early Access é a falta de uma janela de lançamento fixa; no Early Acces, um jogo teoricamente pode continuar sendo desenvolvido e vendido aos consumidores indefinidamente, enquanto que o Season Pass possui um prazo específico e todos os projetos do Kickstarter são apresentados com uma ‘data de entrega’ estimada.

Outro problema é que de acordo com um levantamento feito pelo Sr. Walker, no geral os títulos vendidos como Early Access custam mais do que os jogos completos disponíveis no Steam e a Valve não parece muito preocupada em fiscalizar o programa, tomando atitude apenas em casos mais graves.

Sendo assim, acho que o melhor que podemos fazer é votarmos com nossos bolsos. Há um bom tempo deixei de comprar jogos que estejam com acesso antecipado, pois embora eu adore a ideia de poder jogar logo um título que tanto esperava ou de ajudar no seu financiamento, é muito frustrante ver um projeto ser abandonado ou virar algo bem diferente do que esperávamos.

Um exemplo neste sentido foi o do Spacebase DF-9, que por sinal me fez segurar a vontade de comprar o recém lançado Massive Chalice, pois se a Double Fine fez isso uma vez, quem garante que não fará de novo?

Fonte: MCV.

relacionados


Comentários