Meio Bit » Baú » Hardware » Surface Pro 3 é reduzido a suporte de iPad. Culpa da Microsoft

Surface Pro 3 é reduzido a suporte de iPad. Culpa da Microsoft

Product Placement #FAIL: Microsoft vê Surface Pro 3 ser utilizado como suporte do iPad por comentaristas da CNN

06/11/2014 às 13:30

surface-ipad-commercial

Eu já deixei claro aqui mais de uma vez que acho o Surface Pro um produto sensacional. Se as duas primeiras gerações do notebook disfarçado de tablet já eram excelentes, sua terceira encarnação mata a pau a maioria dos ultrabooks a tablets a se propor fazer tudo de forma excelente. Sim, ele é uma incrível ferramenta de produção por acaso também serve para consumo de mídia, o que faz dele um inimigo natural da linha Macbook.

O grande, enorme problema da Microsoft é que o departamento de marketing insiste em posicioná-lo como um tablet, e nesse quesito não interessa se ele calcula órbitas baixas de satélites e faz café ao mesmo tempo, pois o iPad é imbatível. E isso leva a saias justas como aconteceu na CNN nesta semana.

A Microsoft enviou diversas unidades para a equipe da CNN durante a cobertura das eleições para o Senado norte-americano, e durante a cobertura na última terça-feira parecia tudo muito bem:

OK, alguns dos comentaristas realmente estavam utilizando o Surface, mas a boa recepção dele não foi unânime. Alguns não preferiram abrir mão de seus iPads para nada, mas não poderiam ser vistos utilizando-os no ar. A solução? Posicionar o Surface na frente da câmera, de modo que ele escondesse o iPad. Claro que bastava o cameraman se deslocar para revelar a gafe:

O Surface foi inclusive utilizado como suporte:

Isso é uma falha de product placement grotesca, e a culpa recai muito sobre a Microsoft: ela tem em mãos um produto extremamente poderoso como nenhum device mobile, anos-luz à frente de qualquer tablet ou notebook, inclusive dos dispositivos da Apple e insiste em vendê-lo como um mero concorrente do iPad. O grande problema é que a a percepção do consumidor que após quase cinco anos não vai mudar: as pessoas não querem tablets, querem iPads.

Quais as opções? Eu só vejo uma, que é desistir de bater no iPad. A Microsoft tem algo melhor em mãos mas isso não é suficiente para convencer o consumidor, e insiste em continuar perdendo tempo (e dinheiro) tentando convencer o consumidor a gastar mil dólares num tablet (na sua percepção, que é como Redmond o vende). Uma opção seria mudar a estratégia e posicionar o Surface Pro para concorrer com o Macbook, seja o Air ou o Pro. Talvez assim gafes como essa se tornem mais raras.

Fonte: GW.

relacionados


Comentários