Meio Bit » Baú » Internet » Google apresenta chave USB para verificação em dois passos

Google apresenta chave USB para verificação em dois passos

Agora você pode acessar sua conta do Google com verificação em dois passos com a Security Key, uma chave física que deve ser ligada na porta USB

22/10/2014 às 13:30

google-security-key

O Google é um dos maiores entusiastas da verificação em dois passos, uma camada de segurança hoje em dia primordial para aumentar a segurança de nossas contas e consequentemente nossos dados. E agora ela oferece uma alternativa de certa forma ainda mais segura: trata-se da Security Key, uma chave USB que autentica sua identidade fisicamente.

O processo de autenticação em dois passos hoje é basicamente feito via software, com o login e um cógido enviado ou via SMS ou através de applicativos como o Google Authenticator (iOS, Android) ou outros similares. A ideia aqui é autenticar o acesso à contas do Google de maneira que não tenha como outra pessoa entre sem que você esteja por perto, pois a chave USB faz com que você esteja presente para que tudo dê certo.

google-security-key-001 O funcionamento é simples: ao logar em sua conta em um novo computador, o Google pede que a chave seja espetada na entrada USB. O device vai chcar a autenticidade do site, e então será solicitado ao usuário digitar a senha e acionar um botão na chave, ou realizar uma ação equivalente. Em caso de perda, o usuário poderá entrar com o código de autenticação e solicitar a desativação da chave.

Baseado no protocolo Universal 2nd Factor (U2F) da FIDO Alliance (organização que conta com ARM, Qualcomm, Alibaba, BlackBerry, Microsoft, Google, Samsung, MasterCard, Visa, Bank of America, PayPal e outras empresas em suas fileiras), a chave garante a segurança do acesso às informações de todos os serviços de Mountain View.

Porém é preciso se atentar a algumas coisas: em primeiro lugar nem todo pendrive pode virar uma chave de segurança, é preciso adquirir uma chave compatível com U2f. Felizmente a Amazon possui alguns modelos à venda. Segundo, o programa ainda está no início e é bem limitado, se reservando à compatibilidade apenas com o Google Chrome. A empresa espera que a compatibilidade com outros navegadores seja introduzida em breve, bem como o movimento ajudará a tornar as chaves físicas mais populares e espera-se, mais serviços possam aderir à novidade.

Fonte: ET.

relacionados


Comentários