Meio Bit » Arquivos » Games » Descontente com o Minecraft, mãe cria jogo para seus filhos

Descontente com o Minecraft, mãe cria jogo para seus filhos

Insatisfeita com o que o Minecraft estava entregando aos seu filhos, uma mãe resolveu criar seu próprio jogo e aos poucos o MyDream está ganhando admiradores.

02/10/2014 às 14:30

mydream

Você provavelmente já viu pais reclamando da violência nos games e afirmando que tais criações estão desvirtuando os menores, já Allison Huynh resolveu fazer diferente. Vendo que seus dois filhos adoravam passar várias horas no Minecraft e sofrendo com pesadelos que eram atribuídos ao sandbox, ela resolveu agir.

O que tem chamado a atenção no entanto é que ao invés de simplesmente proibir as crianças de se divertirem ou partir em uma cruzada para denegrir a imagem da jogo bilionário de Markus Persson, ela criou o MyDream, título que funciona de maneira parecida com o título que os filhos jogavam, mas focado na criação.

Meu objetivo pessoal era fazer um jogo que eu pudesse aproveitar com os meus filhos. O Minecraft não estava suprindo minhas necessidades. Meus filhos tinham pesadelos com o Minecraft. Começou sendo bastante criativo, mas então eles passaram a atirar nos aldeões, que estavam sendo mortos. Sou uma sobrevivente da Guerra do Vietnã, então tenho muitos problemas com violência.

Além desse problema, Huynh também estava incomodada com a dificuldade que as crianças enfrentavam para jogar online com seus amigos e começou a procurar alguns desenvolvedores para lhe ajudar na criação de um jogo que conseguisse atingir todas as idades.

Com um estilo visual mais detalhado que o encontrado no Minecraft e um sistema que permite que os confrontos aconteçam apenas em locais pré-determinados, o futuro do MyDream parece estar garantido, pois além de uma campanha no Kickstarter que arrecadou mais de US$ 117 mil, o projeto ainda conseguiu um investimento de US$ 2,5 milhões.

Alguns poderão dizer que Allison Huynh foi oportunista ao criar um jogo que não passa de uma cópia de um super sucesso, mas acho legal saber que ela preferiu não se acomodar e algo que nasceu para servir aos seus filhos está ganhado uma grande proporção.

Se quiser experimentar o MyDream, uma versão beta pode ser baixada aqui.

Fonte: GamesBeat.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários