Meio Bit » Baú » Ciência » Explosão cambriana pode ter ocorrido 60 milhões de anos antes do que se pensava

Explosão cambriana pode ter ocorrido 60 milhões de anos antes do que se pensava

Geólogos descobrem novas evidências em fóssil, jogando a explosão cambriana 60 milhões de anos para trás do que se pensava. Evento foi a maior explosão de vida já ocorrida na Terra.

26/09/2014 às 11:15

140924211827-large

Um fóssil com 600 milhões de anos de um organismo multicelular mostra evidências inesperadas de complexidade.

Um geólogo da Virginia Tech, com a ajuda da Academia de Ciências da China encontrou evidências de vida multicelular complexa em um fóssil datado de 600 milhões de anos, quase 60 milhões de anos antes do surgimento de animais vertebrados durante a imensa explosão de vida na Terra conhecida como explosão cambriana.

A descoberta, publicada na Nature, contradiz interpretações há muito tidas como certas que localizavam a vida multicelular em um período diferente da história. “Estas evidências abrem uma nova porta para que possamos jogar luz sobre o tempo e os passos evolucionários que os organismos multicelulares fizeram para eventualmente dominarem a Terra da forma tão visível como temos hoje”, relata o professor de geobiologia Shuhai Xiao.

Fósseis como este vinham sendo interpretados como bactérias, eucariontes unicelulares, algas ou formas transitórias relacionados a animais modernos como esponjas, anemo… nemo… nemo… nemonas ou animais bilateralmente similares. Este novo trabalho permite desfazer alguns desses mal-entendidos.

Em um esforço para determinar como, quando e porque a vida multicelular surgiu a partir de seus ancestrais unicelulares, Xiao e seus colaboradores procuraram por evidências em rochas fosfóricas no sul da China e conseguiram recuperar fósseis preservados que mostravam sinais de adesão entre células, diferenciação e destruição celular programada, qualidades relacionadas a eucariontes complexos multicelulares, como animais e plantas.

A descoberta joga luz sobre a questão de quando as células começaram a cooperar entre si para formar uma única e coesa forma de vida. Mesmo que algumas hipóteses possam agora ser descartadas, muitas perguntas permanecem em aberto e novas surgem, incluindo o fato de que organismos multicelulares estejam relacionados a animais ou algas multicelulares.

Ciência sendo ciência. 🙂

Fonte: SD.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários