Meio Bit » Baú » Internet » Vende maquininhas de Bitcoins e não entrega? Que vergonha…

Vende maquininhas de Bitcoins e não entrega? Que vergonha…

Mais um dia, mais uma queixa sobre tramoias envolvendo Bitcoins. Empresas que produzem hardware especializado na “mineração” das moedinhas virtuais não entregam as encomendas.

25/09/2014 às 11:15

mining_bitcoin1

As gambiarras pra "produzir" as moedinhas vão desde coisas como arrays SLI até fazendas especializadas com hardware especialmente construído para isso.

Vocês conhecem aquele ditado: “para alguém ser enganado, precisa de dois querendo se dar bem?” Então, queridos amigos, me digam o que tem de errado com alguém que compra maquininhas de fazer moedinha virtual?

A Federal Trade Commission (algo como o Ministério da Fazenda norte-americano) já coleciona dezenas de reclamações formais contra duas empresas que produzem hardware especializado na “mineração” de Bitcoins, a CoinTerra e a HashFast, que juntas somam um total de 1,2 milhões de dólares americanos (dinheiro de verdade, entende?).

Vamos a um dos petardos a que o Ars Technica teve acesso, esse foi de um tal de “Ivo” da Bulgária:

Olá, não estou bem certo sobre o que fazer, pois não sou cidadão americano (WTF, Ivo?), mas isso é o que aconteceu até agora. Eu comprei um dos equipamentos vendidos para Hashfast Sierra por US$ 6.300 em dezembro de 2013 e não recebi até agora. Meus e-mails não são respondidos, eles não atendem o telefone e eu começo a suspeitar de que seja uma empresa falsa (nooooo? sh*t!). Por favor, se puderem me ajudar, blá blá blá…”

Antes de tudo, boa sorte Ivo, você vai precisar. E vê se não esquece de respirar, tá?

Agora vamos lá… uma queixa ao FTC não significa que o comprador vai ter seu dinheiro de volta. Significa apenas que eles receberam a queixa e se considerarem adequado, podem iniciar um caso de litígio. Em 2013 a agência recebeu mais de 2 milhões de queixas, então boa sorte novamente, Ivo.

Já tem coisa muito errada quando alguém resolve colocar dinheiro de verdade para fazer dinheiro de mentira, mas aparentemente produzir hardware especializado para atender esse segmento de mercado não é ilegal, assim como não é ilegal queimar dinheiro.

Mais sorte da próxima vez, Ivo.

Fonte: AT.

relacionados


Comentários