Meio Bit » Baú » Internet » Kickstarter não quer que projetos falhos sejam constantes

Kickstarter não quer que projetos falhos sejam constantes

Kickstarter clarifica seus termos de uso e avisa que não vai ignorar casos de espertinhos que arrecadam dinheiro e não entregam o que prometem

22/09/2014 às 14:01

20140922img_0175.jpg

Quando você financia um projeto do Kickstarter, há de se levar em conta o risco que o doador corre caso o criador da campanha não seja capaz de entregar o produto prometido, mesmo após a campanha atingir o resultado esperado. Como forma de evitar que seus usuários saiam lesados e afastar os espertinhos, o serviço de crowdfunding está clarificando e atualizando seus termos de serviço como forma de deixar todos cientes que não está fingindo que não vê o que ocorre.

Enquanto o Indiegogo está mais preocupado em aumentar a captação de dinheiro dos projetos ao testar um modo de arrecadação permanente, o Kickstarter prefere cuidar para que espertinhos não tentem arrecadar dinheiro e nunca entreguem o que prometeram. Para isso realizou uma série de mudanças em seus termos de uso e anunciou as novidades através de seu blog. As alterações não são nada drásticas, mas procuram deixar claro que o Kickstarter responsabilizará o criador da campanha em caso dele não entregar o que prometeu.

Os criadores são lembrados de que podem e serão responsabilizados caso não consigam cumprir com seus compromissos, e o serviço de crowdfunding vai fornecer os meios dos mesmos se explicarem como e porque isso ocorreu, bem como clarificar os meios para ressarcir os backers. Embora deixe claro que o Kickstarter não se responsabiliza pelo acordo entre criador da campanha e consumidor, é fato que ele não mais deseja que campanhas frustradas prejudiquem seu nome e fará de tudo para afastar os espertinhos e estelionatários do serviço.

Eu acredito que por se tratar de uma doação, é responsabilidade nossa avaliar se devemos injetar nossa grana ou não sob risco de não ter nem o produto é nem ela de volta. Porém é bom ver que o Kickstarter está se movendo paranaense mais termine lidar com caloteiros que pegam a grana dos backers e não entregam nada.

Fonte: AT.

relacionados


Comentários